Pre-Ocupações

Jogo de Xadrez, preocupação, EuGordinha

Aprendi que não adianta me “pré-ocupar” com as coisas que podem acontecer, quando elas ainda não aconteceram. É como um jogo de xadrez: Você pode imaginar todos os lances do adversário, mas só vai tomar uma decisão real, quando ele mover a peça escolhida por ele. A vida é mais complexa do que um jogo de xadrez. As pessoas não são meus oponentes. Nem mesmo nos negócios, os concorrentes são meus oponentes… pois no fundo acredito e vivo uma certa realidade, que o que é MEU é MEU e pronto, ninguém toma. Eu posso desperdiçar o que e meu e ai, então, outra pessoa se favorece com o que deveria ser meu… mas isso é uma outra história.