Nossa Capacidade Real

‎”A sua única verdadeira limitação é aquela que você aceita e define em sua própria mente.” (Napoleon Hill)

Lembrando um pouco o que vimos no filme Matrix, quando o Neo tinha de aprender a dominar todo o “sistema” do mundo ao seu redor, para poder vencer seus inimigos exteriores, a frase acima de Napoleon Hill nos lembra que muito da limitação humana está erguida dentro de nós. Nosso potencial humano muitas vezes fica restrito aos medos que nos criaram e aos traumas que sofremos. Mas nossa capacidade real está acima dessas coisas todas. Que nós saibamos abrir espaço dentro de nós e conquistar o que for precisa pra vivermos nossa felicidade.

À Favor da Diversidade

Um filme que pode entrar tranquilamente na minha lista de preferidos é “Pequena Miss Sunshine”. É o tipo de filme que eu gosto porque foge do lugar comum, a todo instante estão acontecendo coisas que te fazem rir, chorar, pensar, enfim fazem o que a ARTE foi feita pra fazer affff nos fazer refletir sobre a realidade.

O filme conta a história de uma família em desajuste que se ajunta pra realizar o sonho da nossa pequena heroína Oliver. Ela quer ser miss… mas está bem fora do que o padrão estabelece pra uma miss. Acontece que eu duvido que você não assista ao filme e seja convencido de que ele é uma das menininhas mais linda que você já viu na vida!

Miss Sunshine Filme EuGordinha

Oliver no desfile de beleza

Posto aqui um de meus muitos trecho favoritos durante o filme. Algo que tem um tanto a ver com esse nosso espaço aqui no EuGordinha.

Cartaz do filme Miss Sushine
Título no Brasil: Pequna Miss Sunshine
Título original: Little Miss Sunshine
Lançamento: 2006 (EUA)
Direção: Jonathan Dayton, Valerie Faris
Elenco: Abigail Breslin, Greg Kinnear, Paul Dano, Alan Arkin.
Duração: 101 min
Gênero: Comédia

Atração Feminina

http://www.mulher30.com.br/ Cibele Santos

Gordinha ou magrinha, quem nunca ouviu um Fiu-fiu na vida? De algum modo, a gente acaba passando por isso. Seja de maneira sincera ou por ironia…

Essa tirinha é da Cibele Santos, artista gráfica de primeira linha. Uma de minhas preferidas, pelo menos desde que descobri acompanho suas tiradas geniais, muito engraçadas no seu site Mulher de 30.

Vanessa da Mata

Vanessa da Mata (Intérprete/Compositora – de peso mesmo sendo magrinha)

De um tempo pra cá tive a grata alegria de descobrir musicalmente mais de perto a Vanessa da Mata. Ouvindo seus ritmos suas letras, melodias, brincadeirinhas com a voz… puxa, amei a originalidade, a vontade e expressão de ser livre e o trazer pra fora todo o seu ser. Gente, porque não podemos ser a gente mesmo e ainda ser feliz com isso? A gente pode. Eu sei disso e a Vanessa me relembra essa verdade em cada canção que eu ouço.

Amei o “ai ai ai ai ai ai…” na apresentação da copa do mundo. Aquele vestido estava lindíssimo…

Don Juan de Marco (Filme)

Don Juan de Marco EuGordinha
Romantismo à perder de vista…

Quem não gosta de um filmezinho romântico de vez em quando? Pergunto às meninas, se bem que alguns rapazes também gostam de romantismo, quando entendem que suas namoradas ficam muito mais receptivas aos seus carinhos e afetos quando os mesmos acontecem recheados de um clima doce e gostoso.

Bem, puxando pela memória, lembrei de um filme de 1995 onde o ator Johnny Deep (lindíssimo segundo opinião de umas amigas minhas na época) faz o personagem de um jovem que diz ser Don Juan, e Marlon Brando, como o psiquiatra que tenta ajudar o jovem a sair de sua triste situação de paixonite aguda, mas ele mesmo é quem acaba sendo ajudado tomando um gosto maior pela vida.

Só pra relembrar ou despertar a curiosidade, deixei esse trecho do filme pra ver…