Viva, vida, vida…

Quando a gente perde é que aprende a dar valor ao que tinha. Tem um ditado ou frase que ensina isso aos desavisados. Mas em se tratando da vida, não seria nada sensato esperarmos um acidente imprevisto, um problema de saúde grave, um risco de vida mesmo, pra começarmos a valorizar nossas vidas.

A gente está vivo de graça… talvez por isso a gente passa bom tempo da vida correndo atrás do que nos satisfaz e nem se dá conta de que podemos nos satisfazer com o que temos, antes de reclamarmos e irmos em busca dos sonhos e objetivos e tal… Será que já nos ocorreu que o fato de estarmos vivos é a satisfação de alguém? Será que notamos que HÁ UM OBJETIVO em nossas vidas, independente de nós mesmos? Afinal de contas não fomos nós que pedimos pra nascer. Muitos de nós nem foi desejado pelos pais, não houve um planejamento ou algo assim ,alguns foram acidentes de carnaval, ou paixões improvisadas, coisas do tipo. Quero dizer que isso não diminui nossa importância. Acidentes acontecem, mas tem uma hora na qual a gente vai ter de decidir viver fora da sombra do passado de nossos pais. Afinal de contas o mistério da vida em nós só veio em parte deles. Agora a responsabilidade por fazer valer essa graça, vai ser nossa.

Algumas pessoas precisam começar a perder suas vidas pra perceber o valor delas. Outras descobrem isso antes do tempo. Desejo que estejamos entre os segundos, porque entre os primeiros a lição é mais dolorida.

Anúncios

Comente...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s