Ex-Namorado Zumbi

Piadinha pra descontrair

Guerras Santas

Ultimamente tenho estado em revolta silenciosa diante da guerra travada nos corações pelo poder de SER o que se considera certo às custas do julgamento alheio. Muitos pretensos religiosos tratando com desprezo os que não concordam com suas ideias. Isso não é novidade alguma, infelizmente. Acho que agora me têm doído mais por motivos pessoais.

A tal religião deveria ser, como no significado da palavra, um religar-se à divindade, seja o Deus monoteísta dos Cristãos, muçulmanos e judeus; ou as outras divindades de quaisquer cultos pelo mundo afora, dentro de sua própria cultura. Acontece que algumas pessoas usam de suas religiões para promover a divisão das relações humanas de maneira preconceituosa e prejudicial. Todos temos de aprender algo com o outro, mesmo que não concordemos com seus valores. Não somos TODO PERFEITOS, carecemos da perfeição que foi depositada em porções dentro de cada ser vivo que existe – em nosso caso específico nesse texto aqui, o ser HUMANO.

Cabe a cada um pensar o quanto que a sua religião pode estar sendo prejudicial ao seu desenvolvimento humano como pessoa, ser social. Não sou obrigado a crer no que me dizem ser a verdade. Ninguém é obrigado a crer em minha verdade. A verdade por si só se afirma. Creiam nela os sensatos, sofram suas consequências os que a ignoram. Mas que se evite a guerra de ideias que mais promove DESAMOR do que qualquer outra coisa.

Nudez

Citando Dias Melhores pra sempre no Facebook:

“Tirar a roupa para fazer sexo, ou amor, é fácil. As pessoas fazem isso o tempo todo. Mas, ficar nua para que a outra pessoa possa ver sua alma, pensamentos, medos, futuros, esperanças e sonhos… isso é despir-se. Poucos conseguem.”

Vi uma amiga comentando esse trecho e lembrei de minhas primeiras impressões sobre a minha nudez. Não a nudez diante do espelho, corpo, pele, peso… mas a nudez que vinha de dentro, a nudez por detrás da maquiagem, do sorriso, do silêncio…

Clarice me ensinou a me olhar por dentro e me ver tão nua, linda, feia, maravilhosa, inaceitável, INTEIRA com o que tenho de bom e de mal. Eu sendo eu, consciente disso e livre pra me aceitar sabendo que apenas o que me prejudica deve ser mudado, se eu quiser… no mais, me ame quem quiser, do jeito que eu sou: nua de alma apenas pra quem conquistar essa dádiva.