Solidão

Tem hora que parece que todo mundo sumiu, foi embora, desapareceu. A sensação que a gente tem é de que fomos esquecidos, não temos muito valor, pouca importância. Mesmo com as redes sociais ajudando a nos conectar com os conhecidos e fazendo novos amigos, ainda assim a bendita/maldita aparece… solidão.

Tem hora que a gente percebe que tem vício na presença dos outros, as companhias agradáveis se fazem tão presentes e necessárias. Mas tem hora que elas não são o bastante. Nos decepcionam, ferem, ignoram, machucam. Dá vontade de sumir e ao mesmo tempo, se agarrar mais forte aos que nos são tão úteis.

Tenho percebido que a vida nos oferece esses momentos de solidão pra que a gente aprenda a lidar com a gente mesmo. É no meio da temida solidão que a gente se descobre e se faz mais forte – sem necessariamente embrutecer o coração.

Telhado de Vidro – Vingança no Estacionamento

“Não jogue pedra no telhado dos outros porque o teu é de vidro.” (Ditado Popular)

Pra quem não conhece o ditado acima, significa que não é bom julgar as pessoas por seus erros ou falhas ou fraquezas, porque também temos as nossas se nos olharmos por outros pontos de vista.

O vídeo acima mostra bem como pode ser isso na prática. Certas “Vinganças” nem deveriam ser consideradas como tal… kkkkkkkkkk