Pão Bauru

De uns tempos pra cá, Dona Falkitta resolveu torturar o povo no face com seus compartilhamentos de receitas gostosas. Pelo menos pra ajudar com o lado gastronômico do blog ajuda muito.

Pão bauru

Pão Bauru
Ingredientes
300g Queijo Mussarela
300g Presunto
2 tomates tipo italiano
2 pacotes de queijo parmesão ralado
2 xícaras de leite
1 ovo
1 pacote de pão de forma
Tempero a gosto

Modo de Preparo
No liquidificador bata o ovo, queijo parmesão ralado e o leite ( não precisa de sal porque o queijo já é bem salgado).
Em um refratário distribua o pão e regue com um pouco da mistura do liquidificador.
Vá alternando presunto, queijo e tomate, se desejar um pouco de orégano.
Vá alternando até acabar o pão. A última camada tem que ser de pão.
Regue com o restante da mistura do liquidificador. Leve ao forno pré aquecido a 200ºC por 40 minutos ou até dourar.
Sirva quente.

Força pra Viver!

Juliana Barbieri EuGordinha Blog

Olá!
Vejo constantemente depoimentos de meninas/mulheres deprimidas por serem fora do padrão pré estabelecido pela sociedade contemporânea, ou seja nós gordinhas… achei que devia dizer algumas palavras…
Bom, meu nome é Juliana, tenho 34 anos, nasci no interior de São Paulo e aos 6 anos mudei para o Rio de Janeiro onde vivo até hoje…
Até os 16 anos eu tinha um peso considerado normal, eis que por fatores psicológicos em 3 anos engordei 100 quilos, atingindo a marca de 160 ao final…
Porém isso nunca me impediu de absolutamente nada… eu ia a praia, namorava, fui ao Rock in Rio 2001, cinema, fiz curso de teatro, meu único senão era a doença da minha mãe, que por acaso foi o distúrbio psicológico que me referi… (entre eles depressão e síndrome do pânico).
Tive que crescer e amadurecer mais cedo, deixar algumas “coisas de adolescente” de lado mas nada relacionado ao meu peso…
Em 2001, temendo que um problema de saúde viesse a surgir, eu não tinha absolutamente nada: pressão alta, colesterol, triglicérides, nada, me submeti a uma cirurgia bariátrica na época ainda em testes no Rio, perdi os 100 quilos, fiz cirurgias reparadoras… mas eu gosto de comer… meu pecado é a gula… chocolate então… nem comente…
Resultado, com o passar dos anos voltei a engordar e ainda faço terapia, mas continuo tendo uma vida normal… trabalho, estudei, fiz faculdade, namoro… Adquiri um desiquilíbrio de pressão é verdade, mas por conta da taquicardia que a síndrome do pânico causa, e um pouquinho por causa do peso também… fora isso meus exames são de um bebê…
Continuo namorando, trabalhando, me divertindo e atravessando os obstáculos que a vida impõe pra todo mundo…
Eu sei que não é fácil viver num mundo projetado para magros, via de regra roletas de ônibus, cadeiras de teatro e cinema, etc… mas acho que o grande segredo é se curtir, se aceitar, ignorar as bobagens que por ventura se venha a escutar e, principalmente se amar e cercar-se de pessoas que te amam por quem você é… e claro não descuidar da saúde jamais…
Sejam felizes meninas, amem-se para serem amadas… o mundo está cheio de oportunidades, basta garimpa-las… bjks

Nota: Fim do Mundo

mundo

Engraçado os noticiários de olho no Japão esperando que o mundo comece a acabar por lá…

Acabem com o mundo de hipocrisia que tanto mal faz ao coração humano. Isso seria mais útil.