Envergo Mas Não Quebro

Envergo Mas Não Quebro

Lenine

Se por acaso pareço
E agora já não padeço
Um mal pedaço na vida

Saiba que minha alegria
Não é normal todavia
Com a dor é dividida

Eu sofro igual todo mundo
Eu apenas não me afundo
Em sofrimento infindo

Eu posso até ir ao fundo
De um poço de dor profundo
Mais volto depois sorrindo

Em tempos de tempestades
Diversas adversidades
Eu me equilibrio e requebro

É que eu sou tal qual a vara
Bamba de bambú-taquara
Eu envergo mas não quebro (2x)

Não é só felicidade
Que tem fim na realidade
A tristeza também tem

Tudo acaba, se inicia
Temporal e calmaria
Noite e dia, vai e vem

Quando é má a maré
E quando já não dá pé
Não me revolto ou me queixo
E tal qual um barco solto
Salto alto mar revolto
Volto firme pro meu eixo

Em noite assim como esta
Eu cantando numa festa
Ergo o meu copo e celebro

Os bons momentos da vida
E nos maus tempos da lida
Eu envergo mas não quebro (4x)

Lenine - EuGordinha

intimidade

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

“Rede social não é lugar para desnudar a alma. Publique idéias, mas guarde o coração para quem está perto o suficiente para olhar em seus olhos. Quem joga sua alma no ventilador da Internet corre o risco de nunca mais juntar seus pedaços. Preserve-se. Intimidade não é para ‘amigo de Facebook’. É para amigos de Face a Face.”

(Dra. Vanessa Bentes Moreira – Psicóloga)

Atitudes & Palavras

Só pra espairecer, amei a resposta de Kah Hanashiro no ask.

Kah Hanashiro

A Fulaninha disse:
Você é GORDA mais não é 2 MEU BEM

A Resposta:
E vc é Burra, mas não é meia meu bem!!!

hahaha
Seja original GORDA pra mim não é ofensa, tente de novo!
Gorda pra mim é um esteriótipo (olha no dicionario de novo que vc n deve saber o q é isso) não me magoa nem me ofende, até pq eu sempre fui assim. GORDA, rs e sempre tive tudo que eu quis…
E tem mais, Alem de GORDA eu sou independente, maior de idade, inteligente, HONESTA, extrovertida e vc o que é mesmo?? Ahhhhh Uma Anônima (Pessoa covarde que tem medo de assumir o que pensa e fala)
Estou muito bem com minha Gordura, já vc deve andar de mal com a sua consciência, já q não assume sua posição!!
Beijinhos pras fãs!
Só pra fechar, não sou muito de ficar dando Ibope pra essas discussõeszinhas bobas que surgem e tal. Mas pra espairecer de vez em quando até que serve. E também de exemplo para algumas meninas que engolem em seco e ficam chorando no cantinho, sem necessidade!

Virgindade

Achei uma pergunta feita no Ask do Pedro Araújo, muito pertinente para uma porção de meninas que talvez estejam com a mesma dúvida em mente.

Tenho 18 anos, e tenho um grande amigo que eu estou pensando em perder a virgindade com ele. Só que ele não vai namorar comigo. O que você acha que eu devo fazer? #adorosuapagina

Depende, se você for desencanada com esse lance de virgindade não há menor problema, se ele é seu amigo, você confia nele e sabe que ele não vai sair por aí tirando onda com a sua cara, tudo bem vá em frente, agora se você se apaixonar no ato (sim, isso pode acontecer), acho melhor você perder com alguém que você goste. =]
Muito bem. Compartilhar a sua virgindade com alguém é algo que ao meu ver deveria ser algo extremamente especial e importante na vida de uma pessoa, seja menino ou menina. É um momento de passagem, transformação, mudança. Hoje em dia tem-se dito e feito do sexo algo muito comum e simples. Mera satisfação dos instintos, das necessidades físicas e mentais. Sei que as meninas ligam culturalmente e outros mentes da vida, o sexo com questões emocionais – as meninas fazem mais isso que os meninos. Como o Pedro disse na resposta dele, é bem possível que a menina se apaixone pelo rapaz quando fizerem sexo/amor pela primeira vez… principalmente se for sem proteção. O tal pele na pele tem muito mais do que contato físico, algo de espiritual acontece na mente e coração das pessoas envolvidas, mesmo que não queiram. O que eu digo é uma questão de fé, por tratar-se de coisas espirituais. Sei que o ser humano tem um espírito, alma e corpo e esses elementos estão intrisecamente ligados um no outro, não tendo para onde fugirmos disso. Podemos fingir que nada acontece, mas algumas respostas para questões que surgem podem estar ai…
Bem, saindo um pouco dessa parte quase meio esotérica, as questões práticas, incluindo questões de saúde (DST’s – Doenças Sexualmente Transmissíveis), Gravidez indesejada (Bebês são lindos, mas requerem muito trabalho e tempo, além do custo financeiro), muitas coisas devem ser levadas em consideração. A mais importante delas no meu ver é o tanto que estamos ligados a pessoa com quem vamos pra cama. O quanto de amor ou paixão temos pela pessoa. Paixão ainda é algo meio frágil… o bom seria descobrirmos o quanto amamos, admiramos, gostamos profundamente da pessoa com quem vamos nos dar. É bom que não aconteça só por fora, mas por dentro também.
Se for pra viver algo bom na vida, que a vivamos com a devida RESPONSABILIDADE.
Foto meramente Ilustrativa

Foto meramente Ilustrativa

Saudade

Imagem

Saudade - EuGordinha

Preocupação

Preocupação EuGordinha

Preocupação deveria ser escrito assim: Pré-Ocupação, porque desse jeito a gente entenderia melhor o que ela faz com a gente. Toda preocupação não faz sentido porque mobiliza uma porção de energia que não vai ser gasta de modo a produzir algum resultado satisfatório.

Se tem algo a resolver, pense no assunto e busque uma solução, se precisa da ajuda de alguém peça, mas não fique se remoendo a noite toda pensando no assunto, com insônia e tudo o mais. Há muito da vida pra ser vivida. Se algo não pode ser resolvido na hora, deixe pra outro momento ou até mesmo outra pessoa. Faça o que está ao seu alcance, seja responsável, mas não se consuma pelo que ainda nem chegou.

Burrice

Burrice - EuGordinhaO sentimento da gente é burro. Se a gente sofre quando ama, porque insiste em amar? A gente sofre por amores não correspondidos, por amores correspondidos intensificados em ciúmes, em saudades, em tesões que parecem não ter fim. O tal do amor tem todos esses efeitos colaterais dos quais somos vitimas, ou nos deixamos ser, e ainda assim… queremos amar. Resumindo, o sentimento da gente é burro.

Mas o sentimento da gente não precisa ser inteligente, né mesmo? O pensamento precisa saber das coisas. Ao sentimento cabe é o treinamento, ser adestrado como um cavalo bravo. Mas quem há que adestre o coração? A gente precisa de mais do que adestradores. Precisamos de gente que tenha a mesma burrice sentimental e embarque com a gente nessa viagem doida de confiança, cumplicidade, comprometimento, carinho, liberdade… a gente precisa de verdade, e que a verdade seja vivida mais do que dita e ouvida. Que a verdade seja mais do que a música e a vontade de dançar, que seja a vida movendo o corpo e a alma que ama. Se houver isso, todo sentimento burro não passará de uma mera justificativa pra gente simplesmente ser feliz.

Leonardo Ladislau

Amor Burro - EuGordinha

Enxergar o Outro Lado

Enxergar o Outro Lado - EuGordinha

“Que sejamos capazes de enxergar algo de bom em cada momento ruim que nos acontecer.”

Sabe quando dizem que a gente tem de virar o jogo? Não estou falando de vira a mesa. De indignações o mundo já está cheio até demais, e muitas delas não têm conseguido bons resultados, apenas barulho, confusão e briga. o Bom mesmo é virar o jogo.

Virar o jogo é quando parece que a gente está perdendo mas o nosso potencial de vitória é certo, basta, mudar o pensamento… Isso que o povo vive dizendo por ai de pensamento positivo ou negativo, eu entendo como sim ou não. Pensamentos de sim, é possível, e Não, não dá. O não é muito óbvio, eliminante. Quem pensa nas possibilidades do não, geralmente tem uma vida mais parada, triste, reclamativa. é o al do pensamento negativo. O pensamento de que as coisas não dão certo, geralmente acontece em nós com mais frequência quando já passamos por tantos nãos na vida que a gente acaba… ACOSTUMANDO. Tem gente que de tanto sofrer acostuma a sentir dor, e até mesmo sente falta quando não está doendo algo. Estranho, mas tenho visto muito disso ao longo dos anos.

Agora, a gente vira o jogo quando não aceita mais certos nãos que a vida aparentemente está nos dando. Quando a gente percebe que o poder de mudança está em nossa decisão, a gente passa a escolher o que vai fazer com o que estiver acontecendo. Eu sei que a dor nos faz esmorecer um pouco, ficar querendo se meter num canto e ficar abatido… mas quer saber de uma coisa? O que a gente consegue com esse tipo de atitudes? Não conseguimos o que REALMENTE queremos que é… ser feliz!

Vamos aprender a enxergar nos momentos ruins da vida algo de bom a ser aproveitado. Tudo que aparentemente é ruim, sempre tem uma vantagem aparentemente escondida. Vamos descobrir isso!

Leonardo Ladislau

Conformação

Conformar-se significar “tomar a forma de…” É o que acontece com os líquidos quando os colocamos dentro de um recipiente. Eles tomam a forma do jarro, garrafa, bacia, panela, copo… E nós, como seres humanos que somos também podemos conformar nossos pensamentos a um determinado padrão de recipientes.

A mídia de hoje em dia tem por objetivo expor aquilo que serve a interesses maiores, e na maioria das vezes econômicos. Ou seja, se expõe aquilo que se quer vender. Embora não sejamos objetos, muitas das vezes querem nos fazer pensar que somos como coisas. O perigo disso é acabarmos por nos deixar conformar com essa ideia e nos vendermos ou então passarmos a nos enxergar conforme ditam as regras os donos da feira.

Quer saber de uma verdade? Não temos preço. Ninguém tem o direito de nos dizer nosso valor além de Deus e de nós mesmos (de preferência concordando com Deus que foi quem nos fez – nota: pra quem acredita nEle, respeitando as minhas amigas e meus amigos ateus). A questão é que diante da valorização pessoal temos de tomar uma decisão: Qual vai ser a forma dentro da qual vou me meter, a que a mídia impõe ou aquela na qual eu mesma for construindo a minha essência?

"Século errado" - ilustração brilhante pelo artista Tomas Kucerovsky.

“Século errado” – ilustração brilhante pelo artista Tomas Kucerovsky.

Persistência

Persistência - EuGordinha

“A Persistência realiza o impossível.” (Provérbio Chinês)

Lixeira Humana

lixo EuGordinha

Uma parábola…

“muitas pessoas são como caminhões de lixo: andam por aí ‘carregadas de lixo’, cheias de frustrações, cheias de raiva, e de desapontamento. À medida que essa pilha de lixo cresce, elas precisam de um lugar para descarregar, e às vezes descarregam sobre a gente. Ajude, oriente, mas não tome isso como pessoal, sorria, acene, deseje-lhes bem, e vá em frente. Não pegue para você o lixo delas. Apenas deixe o lixeiro passar.”

Tempo

tempo e dinheiro EuGordinha

“Tempo é dinheiro” – quem já ouviu isso?. Esse modo de pensar é fruto de um sistema econômico chamado CAPITALISMO, onde o objetivo é produzir e vender e acumular riquezas materiais… com qual objetivo? TER, TER, TER. Pra quê? Pra poder comprar coisas e desfrutar delas… coisas, objetos, situações, e… pasmem… pessoas! 😦

Amor, afeto, carinho, cuidados (coisas essenciais ao ser humano) não se compram. A quem compre sexo na prostituição e na pornografia, mas isso é apenas prazer e prazer apenas não satisfaz. Só satisfaz por um tempo. Precisamos de prazeres mais profundos. E os prazeres mais profundos não tem preço.

Precisamos ter o cuidado de não deixar que certos modos de pensar nos moldem nos seus padrões, porque eles serão terrivelmente prejudiciais ao nosso coração. Cuide bem do seu coração porque não há pessoa mais indicada a fazê-lo.

Use do seu tempo com SABEDORIA. O tempo é um bem limitado. A vida acontece num período de tempo que não há como ser comprado. Cada qual tem uma porção e pronto. Então faça bom uso do tempo.

APROVEITEMOS a vida com responsabilidade e ousadia!

Tempo Perdido

“Tempo Perdido”
Legião Urbana

Todos os dias quando acordo
Não tenho mais
O tempo que passou
Mas tenho muito tempo
Temos todo o tempo do mundo…

Todos os dias
Antes de dormir
Lembro e esqueço
Como foi o dia
Sempre em frente
Não temos tempo a perder…

Nosso suor sagrado
É bem mais belo
Que esse sangue amargo
E tão sério
E Selvagem! Selvagem!
Selvagem!…

Veja o sol
Dessa manhã tão cinza
A tempestade que chega
É da cor dos teus olhos
Castanhos…

Então me abraça forte
E diz mais uma vez
Que já estamos
Distantes de tudo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo…

Não tenho medo do escuro
Mas deixe as luzes
Acesas agora
O que foi escondido
É o que se escondeu
E o que foi prometido
Ninguém prometeu
Nem foi tempo perdido
Somos tão jovens…

Tão Jovens! Tão Jovens!…

Relogio e tempo EuGordinha

Nada Como Um dia Após o Outro

corações de giz EuGordinha

Pois então, segundo dia do ano e a gente na vibe de por as coisas em ordem. Alguém ai ainda está de ressaquinha? Bora levantar e por a vida em curso porque temos muito o que aprender, ganhar, conquistar.

Hoje eu gostaria de falar sobre a capacidade que o ser humano tem de se superar. Dizem os cientistas que estamos vivos graças a nossa capacidade de adaptação. Seja física ou emocional… quero me ater a adaptação emocional.

Nosso coração por mais que sofra, sempre encontra um modo de superar. Seja se trancando (um modo fácil de fugir da dor, mas um pouco arriscado quando não nos deixa viver o que pode vir de novo), ou seja se liberando a viver coisas novas com outras pessoas, em outras situações – principalmente consigo mesmo, consigo mesma.

O bom da vida são as oportunidades que podem surgir e principalmente as oportunidades que nós fazemos acontecer. Pergunte sem medo da resposta, surpreenda-se com as respostas. Pouse o seu olhar sobre o ser desejado, se ele está disponível a algo mais do que um olhar… sorte a sua. Se esforce em algo que é certo mesmo que o corpo já esteja um tanto cansado. Pense nos benefícios a longo prazo que a vida lhe proporciona. Nada que se cultiva com afinco tem seu fruto amargo – desde que seja algo justo.

Vamos viver um dia de cada vez. Os grandes sonhos são realizados dos pequenos atos do dia a dia.

Primeiro dia do Ano

Primeiro Dia EuGordinha Blog

Normalmente o dia já começa meio que cheio dos exageros da noite anterior. Sejam exageros gastronômicos, emocionais, físicos. Então é preciso por algumas coisas em ordem.

Sendo o primeiro dia do ano, quais seriam as resoluções tomadas nos últimos dias e que precisam de um pouco de disciplina pra serem aplicadas? Será que hoje vai ser o dia de colocarmos em prática? Ou vamos deixar pra amanhã, quando os nossos corpos estiverem mais aliviados?

To vendo que nesse ano que se inicia vou ter de por mais força na realização de algumas vontades. A cada dia que passa percebo que a vida acontece quando a gente se permite acontecer. Tenho visto muitas pessoas esperando que as suas vidas aconteçam como acontecem os dias de chuva, os dias de sol. Convenhamos que as pessoas que realizaram grandes coisas não ficaram esperando que elas acontecessem. E quando eu digo grandes coisas, pode ter sido simplesmente criar um filho (as mamães leitoras que me perdoem pois eu sei que não é nada fácil cuidar dos pequenos). A questão de hoje, pelo menos pra mim é a seguinte:

Faça acontecer pois senão pode nunca acontecer coisa alguma.

Com um pouco de cuidado e ousadia eu creio que tudo vai dar certo. Feliz começo de mês, começo de ano, começo de nova vida pra quem assim quiser.