Tempo Perdido

“Tempo Perdido”
Legião Urbana

Todos os dias quando acordo
Não tenho mais
O tempo que passou
Mas tenho muito tempo
Temos todo o tempo do mundo…

Todos os dias
Antes de dormir
Lembro e esqueço
Como foi o dia
Sempre em frente
Não temos tempo a perder…

Nosso suor sagrado
É bem mais belo
Que esse sangue amargo
E tão sério
E Selvagem! Selvagem!
Selvagem!…

Veja o sol
Dessa manhã tão cinza
A tempestade que chega
É da cor dos teus olhos
Castanhos…

Então me abraça forte
E diz mais uma vez
Que já estamos
Distantes de tudo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo…

Não tenho medo do escuro
Mas deixe as luzes
Acesas agora
O que foi escondido
É o que se escondeu
E o que foi prometido
Ninguém prometeu
Nem foi tempo perdido
Somos tão jovens…

Tão Jovens! Tão Jovens!…

Relogio e tempo EuGordinha

Nada Como Um dia Após o Outro

corações de giz EuGordinha

Pois então, segundo dia do ano e a gente na vibe de por as coisas em ordem. Alguém ai ainda está de ressaquinha? Bora levantar e por a vida em curso porque temos muito o que aprender, ganhar, conquistar.

Hoje eu gostaria de falar sobre a capacidade que o ser humano tem de se superar. Dizem os cientistas que estamos vivos graças a nossa capacidade de adaptação. Seja física ou emocional… quero me ater a adaptação emocional.

Nosso coração por mais que sofra, sempre encontra um modo de superar. Seja se trancando (um modo fácil de fugir da dor, mas um pouco arriscado quando não nos deixa viver o que pode vir de novo), ou seja se liberando a viver coisas novas com outras pessoas, em outras situações – principalmente consigo mesmo, consigo mesma.

O bom da vida são as oportunidades que podem surgir e principalmente as oportunidades que nós fazemos acontecer. Pergunte sem medo da resposta, surpreenda-se com as respostas. Pouse o seu olhar sobre o ser desejado, se ele está disponível a algo mais do que um olhar… sorte a sua. Se esforce em algo que é certo mesmo que o corpo já esteja um tanto cansado. Pense nos benefícios a longo prazo que a vida lhe proporciona. Nada que se cultiva com afinco tem seu fruto amargo – desde que seja algo justo.

Vamos viver um dia de cada vez. Os grandes sonhos são realizados dos pequenos atos do dia a dia.