O Amor é Cego – Pitacos do Filme

ShallowhalmovieposterEngraçado que no original o título do filme seria algo como “Superficial Hal”, ou “Raso Hal”, um título realmente não muito interessante, mas bem esclarecedor. Tendo em vista que conta a história de Hal, um carinha que após ter sido hipnotizado acaba por enxergar as pessoas segundo o seu lado interior e não mais só pelo que o corpo físico mostrava. Há muitas pessoas rasas pelo mundo afora. Muito em nós pode ser uma visão rasa sobre as coisas.

o-amor-e-cego

— Gwyneth Paltrow levava 4 horas para virar a Rosemary de ‘O Amor é Cego’. Da primeira vez em que se caracterizou, a atriz adotou o visual por um dia. Para viver a musa do superficial Hal (Jack Black) em versão obesa, a magérrima Gwyneth decidiu, ao se caracterizar pela primeira vez, manter o visual da personagem o resto do dia e andar por lugares públicos só para sentir como as pessoas olhavam para uma mulher acima do peso, e assim entender melhor a personagem. E por incrível que pareça, ninguém a reconheceu nas ruas! (fonte da net) —

ninguem-esqueceu-do-visual-de-gwyneth-paltrow-em-o-amor-e-cego-2001-mas-ao-contrario-dos-colegas-gwyneth-nao-precisou-se-submeter-a-dietas-ou-a-exercicios-fisicos-a-atriz-levava-quatro-horas-1349827800165_700x500

O filme é cheio de clichês, como não seria diferente sendo uma produção americana. Mas nos põe pra pensar até que ponto os padrões norteiam as nossas escolhas de como podemos ser ou não felizes. Até que ponto a gente é quem escolhe ser feliz ou triste, baseado no que nos dizem que temos de ser, fazer, viver e etc?

O-Amor-e-Cego-6

Numa das cenas mais engraçadas, o Hal nem perde muito tempo pensando que não fazia sentido uma lingerie tão grande pra uma mulher que não fazia jus a mesma… (Na verdade poucos homens fazem caso da lingerie que as mulheres usam…)

NOTA: Essa postagem é parte da postagem de um álbum na fanpage da EuGordinha, por isso saiu um texto picado e resumido.

Os Cães Ladram

“Os cães ladram e a caravana passa.” (Ditado Popular)

Quem já ouviu esse ditado? Sabem o que significa? Vou dizer aqui o que eu acho. Acho que opinião é igual bumbum, todo mundo tem o seu. Cada um tem o que pensar sobre tudo o que acontece na vida e no mundo e (infelizmente) na vida das outras pessoas também. Algumas pessoas inventam de falar da vida dos outros o que não procede, ou mesmo repassar adiante o que nem sequer tem certeza se é verdade ou não. Pasmem, existe gente assim que não sabe nem se o que ouviu é verdade mas repassa como se fosse. Qual utilidade disso? O que ganham? Ah, sim, ganham a atenção dos outros. Atenção genuína é algo caro hoje em dia, diga-se de passagem. Se você paga pra um psicólogo te ouvir sabe muito bem do que estou falando. Mas tem como a gente ter a atenção dos outros de um modo mais gratuito e saudável – chamam de amizade o ambiente propício pra sermos percebidos de um modo agradável e pelos olhos de outro ser que seja benevolente e sincero com a gente, podemos até mesmo ver coisas em nós que nem sabíamos que existia. Mas então, esse texto aqui não tem nada de desabafo ou coisa do tipo. Estou legal de gente assim que cria e espalha fofoca, disse-me-disse, mimimi. No alto da torre de marfim, como alguns preferem dizer, não chega esse tipo de spam, o filtro do meu email é forte e sei bloquear os números indesejados no telefone celular com android. Kkkkkkkkkk. A vida pode ser bem assim, agradável e em paz se a gente prefere trocar umas boas ideias com quem está ao nosso lado na caruagem, seguindo na caravana da vida, enquanto os cães estão do lado de fora latindo. Hehehehe lembrei de um funk, da sra. Valeska Popozuda: “Late mais alto que daqui eu não te escuto”. Veio a calhar! kkkkk Mas nem isso. O latido dos cães não serve pra nada quando o coração da gente está voltado pra coisas mais importantes.

Que fique de lição a quem está se incomodando com o latido dos cachorros: APROVEITEM A VIAGEM, A VIDA NÃO É DEMASIADAMENTE LONGA PRA PERDERMOS TEMPO COM QUEM NÃO NOS AMA DE VERDADE. 

caes_ladram - EuGordinha

Poetize-se

Você é - EuGordinha

“Eu deveria dizer, conscientize-se ao invés de poetize-se. Pois se de fato as mulheres passarem a perceber o quanto são poemas ambulantes, o mundo fica muito mais lindo.” Leonardo Ladislau

Espelho, Espelho Meu…

“Espelho, espelho meu, existe alguém mais bonita do que eu?” Perguntinha estúpida essa, mas de vez em quando a gente costuma se fazer. Questões assim são absurdas, partindo do princípio real de que não há outra pessoa igual a mim no mundo. Não há como comparar coisas que são exclusivas e únicas, e muito menos ainda PESSOAS. Não tenho como comparar a minha beleza com a de outros. Cada qual tem o seu modo de ser belo. E a verdade “a beleza está nos olhos de quem vê”, não tem como ser mais verdadeira. Cada pessoa decide o que acha belo ou não. Certas simetrias nos seduzem naturalmente, mas todos temos das mesmas, de um jeito ou de outro. Temos de decidir que a nossa beleza vai ser escolha nossa e PRONTO. Se fizemos como na frase: “Espelho, espelho meu…”, vamos ficar sendo vítimas da resposta alheia. É bom descobrirmos como ser belos e lindos pra nós mesmos, por conta própria. A opinião dos outros sobre a nossa beleza não deve ser a opinião mais importante. Contanto que nos agrademos em primeiro lugar, está muito bom pra começar.

colar-espelho-meu