Paixão Emagrece & Amor Engorda

Dica de leitura:

livro sonia hirsch

Trecho do livro “Paixão Emagrece, Amor Engorda” de Sonia Hirsch

“No início, a paixão emagrece. Ainda que o exercício seja só desfolhar o malmequer, ou apertar o celular com força, o coração dispara tanto que qualquer coisinha vale por 10 aeróbicas. E a verdade é que paixão recém-nascida é melhor que qualquer comida.

Seu apetite só pode ser saciado por coisas que não engordam: pele roçando na pele, mão esbarrando na mão, olhares que dizem tudo, beijos suspensos nos lábios. Muitas dúvidas – será que é paixão correspondida? Estará mesmo livre aquele coração?

O sono diminui, a adrenalina corre proporcionando reflexos rápidos, os olhos brilham. Dançar, cantar, dar risada, tudo o que é bom fica fácil. E o corpinho? Afina. Cada suspiro consome 100 calorias.

Até que, de repente, o desejo se realiza. Bem-me-quer, bem-me-quer! As bocas recheadas de beijos, a vida uma roda-gigante, comer para quê se o bom é amar, amar, amar? Noites movimentadas e dias à espera das noites: desnecessário também dormir. O sonho já virou vida e a vida virou estar junto. O resto se ajeita entre um encontro e outro, um telefonema e outro. Se não me engano foi Freud quem disse: paixão são dois náufragos agarrados na mesma tábua. Magros.

Aí, passado algum tempo, a paixão começa a se transformar em amor. Nossos náufragos chegam à segurança da ilha e resolvem cuidar juntos da vida, construir uma cabana e arranjar coisas para… comer. Afinal, eles merecem! Conquistaram o coração um do outro, isso não acontece todo dia, e tome celebração. É café na cama aqui, almoço ali, ceia acolá, uma viagem de férias cheia de comidas típicas, bebidas deliciosas, sobremesas fartas, e o prazer da intimidade matinal se prolonga até mais tarde, abrindo o apetite para novidades. Que a novidade já não é o outro, mas tudo o que se faz junto, tudo o que se gosta, tudo o que se adora. E pode haver algo mais adorável, excitante e gratificante do que descobrir que se gosta da mesma comida?

O amor come, o amor cozinha. O amor chama o amor de minha doçura e dá chocolates caros de presente. Compra vinhos, queijos e outras delícias. Comemora na mesa os sucessos da cama e o passar dos dias, dos meses, do ano – já um ano? Então, festa! Alegria, alegria! E assim o amor engorda.

O amor que engorda põe um olho no espelho e outro no outro, pra ver se engordaram os dois. Bingo. Bochechinhas, pneuzinhos, a cintura apertada pedindo discretamente para desabotoar o jeans… E aí, de duas, uma: ou vão ambos malhar na academia ou começam a chegar com umas roupinhas novas, larguinhas, mais confortáveis para ficar em casa, grudadinhos, vendo filmes e comendo pipoca.

Os da academia renovam a vida, se animam para um spa, resolvem caminhar de manhã e pedalar aos domingos; conhecem pessoas novas e de repente até se apaixonam de novo um pelo outro. Ou por outros.

Os das roupinhas largas, cada vez mais largas, em breve vão precisar de afrodisíacos. Ostras, lagostas, caviar, fígado, rins, testículos e miolos têm reputação de dar muita energia sexual. Temperos como pimenta, canela, noz-moscada, cravo, açafrão, baunilha e gengibre estimulam a circulação, portanto podem auxiliar o sangue a chegar mais abundantemente às zonas prazerosas. Champanhe tem fama de liberar a libido mais do que qualquer outro vinho, e alguns alimentos são tidos como realmente excitantes: aspargo, aipo e alho-poró por causa da forma, faisão e pombo pelo arroubo amoroso.

Um menu afrodisíaco citado pelo Larousse Gastronomique, a quem interessar possa: sopa de tartaruga com âmbar gris, linguado à moda normanda, filé de rena com creme de leite, pombo jovem assado, aspargos ao molho holandês, salada de agrião, pudim de tutano, vinhos do Porto e bordeaux, e finalmente café.

Se funciona, não se sabe; mas que engorda, engorda.”

Os 10 Piores Alimentos

alimentos não-saudáveis - EuGordinha

Fique alerta com o que você anda comendo. A nutricionista Michelle Schoffro Cook listou para o R7 os dez piores alimentos de todos os tempos, que não só engordam como causam diversas doenças ao ser humano.

Segue o Top 10:

1 – Refrigerante Diet
2 – Refrigerante
3 – Donuts (rosquinhas)
4 – Cachorro-quente
5 – Bacon
6 – Salgadinhos de batata
7 – Batatas fritas
8 – Pizza
9 – Salgadinhos de milho
10 – Sorvete

via: lista10

A Dieta do Palhaço

Dieta do Palhaço - EuGordinhaPra quem nunca viu está ai um documentário interessante que surgiu da proposta de se saber o quão prejudicial poderia ser a comida servida no McDonald’s depois que duas meninas com sobrepeso processou a rede de fast-food por conta de seus problemas com o peso.

Super Size Me (br: Super Size Me – A dieta do palhaço / pt: Super Size Me – 30 dias de fast food) é um documentário estadunidense de 2004, escrito, produzido, dirigido e protagonizado por Morgan Spurlock, um cineasta independente dos Estados Unidos da América.
No filme, Spurlock segue uma dieta de 30 dias (fevereiro de 2003) durante os quais sobrevive em sua totalidade com a alimentação e a compra de artigos exclusivamente do McDonald’s. O filme documenta os efeitos que tem este estilo de vida na saúde física e psicológica, e explora a influência das indústrias da comida rápida.
Durante a gravação, Spurlock comia nos restaurantes McDonald’s três vezes ao dia, chegando a consumir em média 5000 kcal (o equivalente de 6,26 Big Macs) por dia durante o experimento.
Antes do início deste experimento, Spurlock, comia uma dieta variada. Era saudável e magro, e media 188 cm de altura com um peso de 84,1 kg. Depois de trinta dias, obteve um ganho de 11,1 kg, uns 13% de aumento da massa corporal deixando seu índice de massa corporal em 23,2 (dentro da faixa “saudável” 19-25) a 27 (“sobrepeso”). Também experimentou mudanças de humor, disfunção sexual, e dano ao fígado. Spurlock precisou quatorze meses para perder o peso que havia ganhado.
O fator que motivou Spurlock para fazer a investigação foi a crescente propagação da obesidade em todo os Estados Unidos da América, que o diretor do serviço público de saúde dos Estados Unidos da América tinha declarado como “epidemia”, e a correspondente demanda judicial contra o McDonald’s em nome de duas meninas com sobrepeso, que alegaram que se converteram em obesas como resultado de comer alimentos do McDonald’s. Spurlock disse que apesar do processo contra McDonald’s ter falhado, grande parte da mesma crítica contra as companhias de tabaco se aplica as franquias de comida rápida. Embora se podia argumentar que a comida rápida, ainda seja psicologicamente viciante, não é tão viciante como nicotina.
O filme foca o Mc Donald’s como um dos representantes da indústria alimentar estadunidense, que criou tamanhos exagerados de porções e que, sempre que possível, induz ao consumo de mais e maiores porções, fazendo com que a população consuma muito além do necessário para uma alimentação saudável. Saiba mais aqui

Dieta do Palhaço - EuGordinha (1)

 

Alimentação Saudável

Frutas,legumes, verduras. Tudo o que a terra produz pra nossa alimentação saudável é uma dádiva. Vejam só que lindinho, principalmente pra incentivar as nossas crianças a se alimentar de modo saudável.

Alimentação Saudável EuGordinha

Pão Bauru

De uns tempos pra cá, Dona Falkitta resolveu torturar o povo no face com seus compartilhamentos de receitas gostosas. Pelo menos pra ajudar com o lado gastronômico do blog ajuda muito.

Pão bauru

Pão Bauru
Ingredientes
300g Queijo Mussarela
300g Presunto
2 tomates tipo italiano
2 pacotes de queijo parmesão ralado
2 xícaras de leite
1 ovo
1 pacote de pão de forma
Tempero a gosto

Modo de Preparo
No liquidificador bata o ovo, queijo parmesão ralado e o leite ( não precisa de sal porque o queijo já é bem salgado).
Em um refratário distribua o pão e regue com um pouco da mistura do liquidificador.
Vá alternando presunto, queijo e tomate, se desejar um pouco de orégano.
Vá alternando até acabar o pão. A última camada tem que ser de pão.
Regue com o restante da mistura do liquidificador. Leve ao forno pré aquecido a 200ºC por 40 minutos ou até dourar.
Sirva quente.

Picolé de Bombom

Picolé de Bombom

Uma receita saborosa, fácil e irresistível!
Você vai precisa apenas de:

Ingredientes:
– 2 potes de sorvete de sabores diferentes
– Castanhas ou paçoca
– Doce de leite
– Bombons

E depois siga a montagem mostrada na figura abaixo:

Picolé de Bombom

Via Samara F.

O que você tem Comido?

Os 10 tipos de alimentos mais prejudiciais à saúde

Ana Carolina Prado

O que não mata, engorda, diziam nossas mães. Ou nós mesmos, quando queremos comer o salgadinho que caiu no chão. O problema é que algumas coisas não só engordam (e muito), como também podem matar aos poucos.

Mas não precisa ficar desesperado. Isso que não quer dizer que não podemos mais comer aquela porção de batata frita ou aquele docinho na sobremesa.  “Nada é proibido, mas esses alimentos devem ser consumidos com menor frequência. Uma medida razoável é incluir um deles no cardápio uma vez por semana. Mas só um deles. Comer cachorro-quente com batata frita, por exemplo, nunca”, explica Flavia Morais, coordenadora do departamento de nutrição da rede de produtos naturais Mundo Verde. A dica dela é olhar o rótulo do produto para checar seus ingredientes. E fique atento: o primeiro item da lista de ingredientes, geralmente, é o que está presente em maior quantidade na comida. Portanto, se açúcar ou gordura estiverem no topo da lista na embalagem, talvez seja melhor procurar uma opção mais saudável.

Com a ajuda de nutricionistas, listamos os 10 tipos de alimentos mais prejudiciais à saúde.  Cuidado com eles!

1- Refeições prontas congeladas


Você chega em casa morrendo de fome e está cansado demais para cozinhar algo. Então, olha para o microondas, lembra-se da lasanha congelada que tem no freezer e bendiz essa tecnologia linda que facilita a sua vida. Mas é bom não se empolgar tanto. Esse tipo de alimento semi-pronto é rico em gordura saturada, que faz subir os níveis do colesterol ruim e aumenta o risco de desenvolver doenças cardiovasculares.  “Tais refeições também são ricas em sódio que, em excesso, pode ocasionar aumento da pressão arterial”, afirma a nutricionista Thais Souza. Resolveu trocar pela pizza? Não adianta. O risco é, basicamente, o mesmo.

2- Embutidos (salsicha, linguiça, mortadela, presunto, salame)


Calma, vinho pode.

Ok, você não é adepto dos congelados, mas adora um lanchinho de mortadela. Ou um cachorro-quente. Sentimos informar, mas você não está em uma situação melhor, não.   “Esses alimentos à base de carne, conhecidos como embutidos, foram inventados para facilitar as preparações e aumentar o prazo de validade do alimento. O problema é que eles possuem maior teor de gordura saturada em relação à carne natural”, explica Thais Souza. Esse tipo de gordura, encontrado principalmente em produtos de origem animal,  traz riscos à saúde quando ingerido em excesso, pois estimula o aumento dos níveis de colesterol e o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Os embutidos também contêm excesso de sódio  – o que pode provocar pressão alta – e corantes – que podem causar alergias e problemas no estômago. Por fim, ainda há ali muitos conservantes, como o nitrito e o nitrato. No nosso organismo, eles são convertidos em substâncias potencialmente cancerígenas.

3- Caldos e temperos industrializados


Decidiu cozinhar? Bom para você. Mas vai aqui outra dica: faça seu próprio tempero e esqueça os industrializados. Eles possuem altos teores de sódio e glutamato monossódico. O sódio, se consumido além dos limites diários recomendados, pode levar ao desenvolvimento da hipertensão ou piorar o problema se ele já existe. O problema do glutamato é ainda pior: estudos têm mostrado que o nosso organismo o utiliza como um transmissor de impulsos nervosos no cérebro e seu consumo tem sido associado com dificuldades de aprendizado, Mal de Alzheimer, Parkinson e câncer.

4- Biscoito recheado


Essas pequenas tentações com recheio de chocolate, morango ou o que for são inseparáveis de tardes ociosas na frente da televisão assistindo a algum filme sobre uma galera do barulho aprontando altas confusões. “Carregadas com açúcares, essas pequenas guloseimas possuem densidade energética assustadora”, diz o nutricionista Rafael Moreira Claro, Pesquisador do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da USP. Além do excesso de açúcar, os biscoitos recheados ainda contêm muita gordura saturada, o que favorece o aumento do LDL (o “colesterol ruim”) e a diminuição do HDL, considerado o “colesterol bom”. O desequilíbrio nas taxas de colesterol é fator de risco para o surgimento de doenças cardiovasculares graves. E, para completar, os aditivos usados para dar cor a essas bolachas também são prejudiciais à saúde e estão associados à hiperatividade e déficit de atenção.

5- Salgadinhos


É isso mesmo. Outra delícia perigosa que adoramos consumir em momentos de ócio. Os salgadinhos também são fontes de glutamato monossódico, aquele  sal sódico que cria um sabor mais encorpado ao produto. Mas você já viu lá no item 3 do que esse composto é capaz.

6- Refrigerante


“Além de possuir muitas substâncias artificiais em sua composição, o refrigerante contém valor nutricional quase nulo”, afirma Thais. As variações cola, em especial, têm uma grande quantidade de fosfatos, que em excesso provocam a liberação do cálcio e o consequente enfraquecimento dos ossos, facilitando a incidência de doenças como a osteoporose. “Além de ser rica em açúcar, a bebida tem a capacidade de enganar os sistemas orgânicos relacionados ao controle das calorias ingeridas, apresentando íntima relação com o ganho excessivo de peso e a obesidade”, acrescenta Rafael Claro.

E, a menos que você seja diabético, não adianta tentar os diet – eles são ainda piores! “Refrigerantes contêm muitas substâncias químicas, mas pelo menos são feitos com açúcar, que é algo que o corpo reconhece e pode digerir. Já os refrigerantes diet, além de todas essas substâncias, ainda contêm aspartame como adoçante. Sua metabolização gera metanol, substância tóxica para os neurônios que, em excesso, provoca degeneração neural e está relacionada a doenças como mal de Alzheimer”, explica Flavia Morais.

7- Frituras


Mesmo que você use óleo vegetal de boa qualidade para fritar suas batatas ou bife, comer alimentos fritos faz mal. A fritura faz com que ocorram alterações químicas no óleo utilizado, deixando de ser uma fonte de gordura insaturada (no caso dos óleos vegetais), fundamental para nossa saúde, e dando lugar à gordura saturada, que em excesso pode causar diversas doenças. Esse processo pode também promover a formação da gordura trans, que está diretamente relacionada ao aumento de doenças cardiovasculares e à piora do quadro de saúde de uma maneira geral. Além disso, o calor extremo estraga a estrutura química da molécula de gordura, produzindo uma substância potencialmente cancerígena chamada acroleína.

8- Churrasco


Ok, fritar é ruim. Mas tome cuidado quando decidir fazer um churrasco também. Nesse caso, o problema está no processo de preparação, e não com o alimento: segundo a nutricionista Thais, a fumaça do carvão libera alcatrão e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, substâncias com alto potencial cancerígeno.

9- Margarina


De novo, o colesterol. A maior parte das margarinas é feita com óleos vegetais líquidos hidrogenados – que são gordura trans. Essas gorduras não são reconhecidas pelo organismo, que não o metaboliza. Isso provoca acumulação de gordura na região abdominal e promove o aumento dos níveis de colesterol ruim e do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

10- Açúcar


“O açúcar, em especial o refinado, é 100% caloria, sem valor nutricional”, afirma a nutricionista Thais. Sim, ele torna a vida e os alimentos mais doces e tudo mais. Mas, quando consumido em excesso, é armazenado em nosso corpo sob a forma de triglicérides, aumentando o risco do desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Além disso, por ser calórico, pode levar à obesidade e, com ela, aumentar o risco de diabetes, hipertensão e dislipidemias.

Segundo os nutricionistas, tanto a sacarose (açúcar de mesa) quanto os açúcares de uso industrial estão relacionados à má qualidade da saúde. Então, já viu: nada de adoçar demais o cafezinho.

Via Super.abril.com

Neurolinguística Para Chocólatras

Como ser livre do vício no chocolate indesejado? …ou de qualquer outra coisa indesejada que se queira. Bem, não é uma fórmula perfeita pois cada um terá de por sua força de vontade na questão. Mas o fato é que vi uma imagem legal compartilhada pela comunidade GordinhasGlamurosas e me inspirei a partilhar por aqui uma aprendizagem útil. Aliás a mesma aprendizagem pode ser usada em várias áreas de nossa vida.

chocólatra Mulher de 30 Cibele Santos

tirinha da Cibele Santos, do Mulher de 30 – clique na imagem e conheça mais

O lance é usar palavras com sentido positivo pois as frases negativas só REFORÇAM ao cérebro a informação do que se deve fazer. Neurolinguística funciona assim. O cérebro funciona com imagens, logo, dizer: “hoje não” equivale a dizer para o cérebro que hoje SIM, pois o cérebro pega a frase e a transforma numa imagem, e a frase hoje não tem a cena da pessoa comendo o chocolate. Usar palavras positivas seria, por exemplo: “Hoje quero comer tal coisa ao invés dessa aqui.” Mentalmente o cérebro substitui a imagem do chocolate por uma outra coisa e o bendito é posto no seu devido lugar de mero servo e não dono de nossa vontade.

#FicaDica

P.S.: A tirinha é da artista Cibele Santos, querendo conhecer mais, já falamos dela aqui, e tem comunidades no Facebook.

Salada de Queijo com Melancia

Deliciosa Receita de Salada de Melancia com Queijo. Pra quem quer começar uma dieta com uma comidinha leve.

Ingredientes:

1/2 kg de melancia, sem casca e sem sementes
200g de queijo branco
6 folhas de hortelã picada
2 colheres de sopa de suco de limão
6 colheres de sopa de azeite
folhas de rúcula (opcional)
sal a gosto

Preparo:

Corte a polpa da melancia em cubos e reserve. Corte o queijo branco, também em cubos e reserve. Em uma tigela, coloque os cubos de melancia e os cubos de queijo branco, misture bem e salpique com sal. Por fim, regue com azeite e o suco de limão e vá misturando delicadamente. Em uma saladeira, coloque a mistura da tigela e salpique com folhas de hortelã, sirva em seguida.

Fonte:Nutribrazil

Eitah Nós – Chocolate a Perder de Vista!

Fiz um calculo breve, o que seriam 8 Kg e algumas gramas de chocolate pra comer diariamente? Pois então vejam que escultura linda!

Pra comemorar o aniversário de 30 anos da Qzina Specialty Foods, a marca criou uma escultura de 8 toneladas que entrou para o livro dos records como a maior escultura de chocolate do mundo. A escultura representa um templo Maia e ficará exposta até  dia 21 de dezembro, último dia no calendário Maia, quando será destruída.

Fonte:hypeness

Perder Peso

Não se perde peso… quem PERDE, fica pensando inconscientemente que preciso reaver o que perdeu. Não gostamos de perdas. Quem quer realmente perder peso tem de mudar esse conceito. É melhor pensar: “Quero me desfazer desse peso a mais.” Se desfaça do peso que não quer mais, que está te prejudicando a vida. Mas não perca, pois pode achar logo ali na esquina do final de semana.

Melancia – Gordura Localizada

Ameia foto e logo tive de pegar pra minha coleção de fotos de frutas e flores e paisagens e bichinhos e unhas decoradas e etc. Mas então atentei pra o texto que vinha junto. Pra quem quer se desfazer das gordurinhas localizadas, eis ai uma dica e tanto do pessoal que entende do assunto. Como amo melancia, toma lá! 

Melancia contra a gordura localizada! Para combatê-la, reforce a alimentação com melancia e abacaxi: diuréticas, essas frutas ajudam a eliminar as toxinas do organismo.

Fonte: HelpSaude

Alimentação Saudável e Fofa

Pra quando as crianças um tanto enjoadinhas com a comida, vale tudo pra que os pequenos não deixem de se alimentar devidamente. Achei essa foto uma linda sugestão do que pode ser feito pra que a saúde dos pequenos e dos adultos, fique em dia.

Esperando o Homem que te Ame pelo Conteúdo Interior?

I know he’s a zombie but hey, at least i found a guy who wants me for my brains.

Eu sei que ele é um zumbi, mas hey, pelo menos eu encontrei um cara que me quer pelo meu cérebro.

Dormir de Conchinha

Dormir de conchinha é bom né? Achei essa foto muito criativa mesmo… Dá pra fazer até uma surpresa pra o companheiro/companheira na hora do almoço ou jantar, numa ocasião especial. #FicaDica, como dizem por ai…

Bolo Gostoso – Bandeja de Coco

Bolo de Coco

Uhhhh! Gente, eu quase não falo de comida por aqui, coisas gostosas… Mas hoje não resisti a pegar e copiar a dica de receita culinária da Grazi Matte, do blog Manequim Plus. Até porque tem coco, e eu amo receitas que usam coco, sejam doces ou salgadas (com preferência às doçuras). Grazi foi muito criativa e prática, postando um video onde ensina a receita… praticidade que me incentivou a compartihar por aqui. Aproveitem, ou melhor, deliciem-se:

P.S.: Su, vai a dica pra ti, que tem se entretido na cozinha. Beijos!

Tomates Verdes Fritos – Filme & Receita

Cartaz do filme Tomates Verdes Fritos

Ontem eu vi mais um filme que me tocou profundamente por dentro. Eu já o tinha visto quando era adolescente, mas não entendia bem como hoje em dia. Conforme o tempo passa e vamos vivenciando as coisas da vida, dores e alegrias passam a fazer parte do tempero da vida e nos ensinam muitas coisas. Nunca deixe que uma dor simplesmente passe pela sua vida sem te dar a devida lição que ela contem. Já que é inevitável sofrer, que pelo menos isso tenha alguma utilidade.

No filme Tomates Verdes Fritos, vemos a descoberta de uma amizade e os benefícios que a mesmo pode ter ao coração humano. A amizade entre as meninas do filme serve de exemplo pra toda vida. Esse é um dos filmes que facilmente entram na minha lista de filmes prediletos. Sei que o livro deve ser muito melhor, assim que puder vou dar uma lida. por enquanto deixo aqui a dica para se assistir ao filme e se aprender com a dor a alegria alheia.

A título de curiosidade, “tomates verdes fritos” fazem parte de um prato típico no sul dosEstados Unidos. Achei a receita que compartilho logo abaixo:


 

 

 

 

Tomates Verdes Fritos
Receita indicada por: Paula F. Bernardi


Tipo de Culinária: Culinária Popular
Categoria: Pratos Principais
Subcategorias: Legumes
Rendimento: 4 porções

Ingredientes
4 unidade(s) de tomate carmem
2 unidade(s) de ovo batido(s)
1/2 xícara(s) (chá) de leite
1 xícara(s) (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara(s) (chá) de fubá
1/2 xícara(s) (chá) de farinha de rosca
2 colher(es) (chá) de sal
1/2 colher(es) (chá) de pimenta-do-reino branca

Modo de Preparo:

Corte os tomates em fatias, na largura de um dedo.
Tire as sementes. Não use as pontas.
Num prato, misture os ovos e o leite.
Em outro prato, misture a farinha de rosca e o fubá, temperando com o sal e a pimenta.
Passe o tomate na farinha de trigo, nos ovos com leite e. finalize na mistura de farinha de rosca com fubá.
Frite um ao lado do outro em óleo quente até dourar.
Polvilhe com queijo ralado. Sirva com molho de maionese à gosto.

Espero que gostem… qualquer coisa, comentem.

Panquecas ou Miojo, Eis a Questão?

Lembro de um tempo no qual toda menina tinha de saber cozinhar antes de casar e ir formar sua família. Hoje em dia a gente meio que tercerizou a cozinha e essas questões culinárias mas é sempre bom saber fazer. Conheço um rapaz que teve de aprender na marra tendo em vista que se a sua futura esposa não soubesse cozinhar ele não ficava limitado ao ovo frito e ao miojo todos os dias, kkkkk.

Tendo em vista isso, achei uma foto deliciosa. Estou pra copiar a mesma aqui em casa. Quem fez a delícia foi a Lívia, do blog IrmãsGG.

P.S.: Parabéns por ter conseguido despertar meu apetite por meio de uma foto… isso é raro pra mim.