Música para Estudar

Hoje eu me vi na necessidade de relaxar um pouco de algumas distrações nos estudos e lembrei que ouvir Mozart pode ajudar na concentração e nos estudos. Repasso então essa seleção com umas 3 horas de música pra quem quer experimentar ou já conhece essa técnica de estudo.

"Mantenha a calma e ame Mozart" (tradução da frase na imagem)

“Mantenha a calma e ame Mozart” (tradução da frase na imagem)

Wave – Tom Jobim

“Wave”
Tom Jobim

Vou te contar
Os olhos já não podem ver
Coisas que só o coração pode entender
Fundamental é mesmo o amor
É impossível ser feliz sozinho

O resto é mar
É tudo que não sei contar
São coisas lindas que eu tenho pra te dar
Vem de mansinho à brisa e me diz
É impossível ser feliz sozinho

Da primeira vez era a cidade
Da segunda, o cais e a eternidade

Agora eu já sei
Da onda que se ergueu no mar
E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver

Da primeira vez era a cidade
Da segunda, o cais e a eternidade

Agora eu já sei
Da onda que se ergueu no mar
E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver

Vou te contar

Eu Sei Que Vou Te Amar

Eu Sei Que Vou Te Amar
Vanessa da Mata – cantando Tom Jobim

Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente, eu sei que vou te amar
E cada verso meu será
Prá te dizer que eu sei que vou te amar
Por toda minha vida
Eu sei que vou chorar
A cada ausência tua eu vou chorar
Mas cada volta tua há de apagar
O que esta ausência tua me causou
Eu sei que vou sofrer a eterna desventura de viver
A espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida

Um Sorriso Entre nós Dois

“Um Sorriso Entre nós Dois”
Vanessa da Mata
Compositor: Vanessa da Mata, Liminha & Kassin

Não pense em segurar a vida têm assas
Ela dançando enfeita a minha casa
Ela dança pra todos, vai dançar, dançar, dançar
Até o dia raiar paquerando um cara

Ei, pensa que ela parou
Louco individuo, louco doutor
Pensa que ela parou
Foi mostrar seu corpo no ar
Pensa que ela parou
Nos olhos do fofo, no doutor
Pensa que ela parou
E o coração enlouqueceu

Não adianta cantar
Que ela só quer dançar, dançar
Não queira começar, pegar, tomar, tentar, beijar
Todos em torno dela, todas as cores e raças
Achando todos que ela era a sedutora

Pensa que ela parou
Nos olhos, no cara, no doutor
Pensa que ela parou
De se exibir para aquele moço
Pensa que ela parou
Todos em torno dela

E o coração do moço, moço
No coração da moça
No coração

Vamos dançar pra amanhã
Não esquecer no depois
E seguir um sorriso entre nós dois

 

New Soul – Yael Naim

“Alma Nova”
Sou uma alma nova. Eu vim para esse mundo estranho esperando
que eu pudesse aprender um pouco sobre como dar e receber
Mas desde que cheguei aqui senti a alegria e o medo
Me encontrando fazendo todos os possíveis erros

La-la-la-la-la-la-la-la…

Sou uma alma jovem Nesse mundo tão estranho
Esperando que eu pudesse aprender Um pouco sobre o que é verdade e falso
Mas por que todo esse ódio?
Se comunicar descobrindo
Apenas que amor não é sempre fácil de fazer.

La-la-la-la-la-la-la-la…

Esse é um final feliz
Porque voce não entende
Tudo o que você fez
por que tudo está tão errado?

Esse é um final feliz
venha e me dá a sua mão
Vou te levar pra longe

[refrão]
Sou uma alma nova
Eu vim para esse mundo estranho
Esperando que eu pudesse aprender um pouco sobre como dar e receber
Mas desde que cheguei aqui Senti a alegria e o medo
Me encontrando fazendo todos os possíveis erros

Nova alma…
Nesse mundo muito estranho…
Todos os possíveis erros
Possíveis erros
Todos os possíveis erros
Erros, erros, erros…

“New Soul”

I’m a new soul I came to this strange world hoping
I could learn a bit ‘bout how to give and take.
But since I came here felt the joy and the fear
Finding myself making every possible mistake

La-la-la-la-la-la-la-la…

I’m a young soul in this very strange world
Hoping I could learn a bit ‘bout what is true and fake.
But why all this hate?
Try to communicate finding
Just that love is not always easy to make.

La-la-la-la-la-la-la-la…

This is a happy end cause’
You don’t understand
Everything you have done
Why’s everything so wrong

This is a happy end
Come and give me your hand
I’ll take your far away.

[refrain]:
I’m a new soul
I came to this strange world
Hoping I could learn a bit about how to give and take
But since I came here felt the joy and the fear
Finding myself making every possible mistake
Yael Naim
New soul…
In this very strange world…
Every possible mistakes
Possible mistakes
Every possible mistakes
Mistakes, mistakes, mistakes…

Eu Gosto Dela

Eu Gosto Dela

Emicida

Bem leonina, menina, mandona
Linda, sabe da sina, mina valentona
Fina, cheia de razão, rainha, foliona
Ela, descortina o novo, bota fim na zona
Teu olhar ilumina, abomina o cafona
Amazona e bailarina, toda bonitona. (pá)
Ela é purpurina, skinny e pakitona. (tá bem)
9 da matina, um café na poltrona. (ó)
Dona da rotina, mamãe corridona
Defina efeito sanfona, se acha esquisitona
Cafeína, Maracujina, moça respondona
Feiona em dia ruim, mas sempre bela dona
Maestrina do lar e popstar, Madona
Sou fina dança, opina, sorri e faz carona
Quer ser minha pequenina e pro mundo grandona
Meu negócio da China, caipira, brigona

Refrão: (2x)

Eu gosto tanto dela, a ponto de querer tá perto, pronto
Não tem outro jeito de me ver sorrir
É louco o efeito dela, aqui.

Grita igual buzina em dia nervosona
Santa sem batina, ganha tranquilona
Hipnotiza a retina, flash, figurona
Estrela maior do show, se precisar, machona
Fria igual neblina, alegre e fanfarrona
Brilha igual platina, prima, sabichona
Ave de rapina e musa pras telona
No ritmo, atina e lá vai corona
Ela é paz pra Palestina, fé pra Babilônia
Respeito, disciplina, boba e brincalhona
Estriquinina a TPM, vira felizona
Ela abre o circo, ela recolhe a lona
Diz que tá gelatina e malha pegadona
Vira destaque da piscina, satisfeita mona
Messalina, corajosa, do lar e chorona
Faz tudo quando quer
Eita, mulher durona

Refrão (2x).

Eu Gosto Dela - Emicida - EuGordinha

Vanessa da Mata em Salvador

No primeiro show da Diva em Salvador o que não faltou foi emoção. É por isso que eu gosto dela. #VanessaDaMataDiva!

Vanessa da Mata não segura a emoção e chora em Salvador

A cantora se emociona durante o lançamento oficial do show “Viva Tom Jobim” em pleno Farol da Barra.

fotos_genilsoncoutinho_mr_048

Vanessa da Mata se emociona em Salvador

A cantora Vanessa da Mata não segurou a emoção na noite deste domingo, 21, durante o lançamento oficial do show “Viva Tom Jobim”, em Salvador, Bahia.

A apresentação, claro, é uma grande homenagem ao cantor, compositor, e maestro Tom Jobim. Depois da estreia na noite soteropolitana, a turnê irá percorrer outras seis capitais do Brasil.

Em pleno Farol da Barra, um dos palco do carnaval baiano, a cantora deixou a emoção rolar em frente a uma multidão de fãs, que chegou cedo para curtir o show. Enquanto as lágrimas caiam pelo rosto, Vanessa foi bastante aplaudida pelas pessoas presentes.

Via Ego

Outono

Hoje o dia amanheceu tipicamente outonal. Djavan veio dando o ton nos fones de ouvido desde o escurinho do quarto no começar do dia, até a vida aqui fora onde tudo é lindo no banhado de ouro dourado que o sol derrama nas coisas. Vontade imensa de dar uns bons dias pra pessoas lindas que fazem diferença em nossas vidas! BOM DIA!

Outono
Djavan

Um olhar uma luz ou um par de pérolas
Mesmo sendo azuis sou teu e te devo
Por essa riqueza

Uma boca que eu sei
Não porque me fala lindo
E sim, beija bem
Tudo é viável pra quem faz com prazer

Sedução, frenesi
Sinto você assim, sensual, árvore
Espécie escolhida, pra ser a mão do ouro
O outono traduzir viver o esplendor em si…..

Tua pele um bourbon me aquece como eu quero
Sweet home gostar é atual além de ser tão bom…
djavan EuGordinha

Tudo por acaso

Tudo por acaso
Lenine

Eu sei!
Tudo por acaso
Tudo por atraso
Mera distração…

Eu sei!
Por impaciência
Por obediência
Pura intuição…

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e dimensão
O futuro foi agora
Tudo é invenção…

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei
Pelo sentimento
Pelo envolvimento
Pelo coração…

Eu sei!
Pela madrugada
Pela emboscada
Pela contramão…

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e dimensão
O futuro foi agora
Tudo é invenção…

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei
Por qualquer poesia
Por qualquer magia
Por qualquer razão…

E eu sei!
Tudo por acaso
Tudo por atraso
Mera diversão
Mera diversão…

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e direção
O futuro foi agora
Tudo é invenção…

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei!…

lenine EuGordinha

Te Amo

“Te Amo”
Vanessa da Mata

Mas o pior não é não conseguir
É desistir de tentar
Não acredite no que eles dizem
Perceba o medo de amar
Eu cresci ouvindo anedotas, clichês e
Chacotas
Frustrações
Sobre amasiar, se casar
Se entregar seria fraquejar

Te amo, te amo, te amo

E se o tempo levar você
E um dia eu te olhar e não te reconhecer
E se o romance se desconstruir
Perder o sentido
E eu me esquecer por ai
Mas nós somos um quadro de Klimt
“O Beijo” para sempre fagulhando em cores
Resistindo a tudo seremos
Dois velhos felizes
De mãos dadas numa tarde de sol
Pra sempre

Te amo, te amo, te amo

Te Amo - Vanessa da Mata EuGordinha

 

Fly Me To The Moon

Djavan

Fly Me To The Moon – Djavan

Fly me to the moon
Let me play among the stars
Let me see what spring is like on
Jupiter and Mars

In other words, hold my hand
In other words, darling, kiss me

Fill my heart with song
And let me sing forever more
You are all I long for
All I worship and adore

In other words, please be true
In other words, I love you

Trilha Sonora Para Escrever

Chopin in Concert - EuGordinha

Às vezes quando se escreve uma história, na composição de um personagem, ou parte da história dele, a gente põe pra tocar uma canção ou música instrumental. Elas ajudam a criar o “clima” no qual as palavras fluem melhor. Para os trabalhos de hoje na escrita do romance EuGordinha, uma das faixas da playlist: De Chopin, Noturno – Opus 9 Número 1 em Si Bemol Menor.

Chopin - EuGordinha

Amanheceu…

emlio santiago - EuGordinha

No amanhecer de hoje Emílio Santiago veio a falecer. Deixa a sua obra fechada na Música Popular Brasileira. Segue uma amostra…

“Saigon”
Emílio Santiago

Tantas palavras
Meias palavras
Nosso apartamento
Um pedaço de Saigon
Me disse adeus
No espelho com batom

Vai minha estrela
Iluminando
Toda esta cidade
Como um céu
De luz neon

Seu brilho silencia
Todo som
Às vezes
Você anda por aí
Brinca de se entregar
Sonha pra não dormir

E quase sempre
Eu penso em te deixar
E é só você chegar
Pr’eu esquecer de mim

Anoiteceu!
Olho pro céu
E vejo como é bom
Ver as estrelas
Na escuridão
Espero você voltar
Pra Saigon

Tantas palavras
Meias palavras
Nosso apartamento
Um pedaço de Saigon
Me disse adeus
No espelho com batom

Vai minha estrela
Iluminando
Toda esta cidade
Como um céu
De luz neon

Seu brilho silencia
Todo som
Às vezes
Você anda por aí
Brinca de se entregar
Sonha pra não dormir

E quase sempre
Eu penso em te deixar
E é só você chegar
Pra eu esquecer de mim

Anoiteceu!
Olho pro céu
E vejo como é bom
Ver as estrelas
Na escuridão
Espero você voltar
Pra Saigon

Composição: Claudio Cartier/Paulo Feital/Carlão

Trecho de Manual da Boneca

Vanessa+Da+Mata EuGordinha

Conheci as canções da Vanessa da Mata num período um tanto difícil da minha vida e o que mas me chamou a atenção nela depois da musicalidade variando em cada canção, foram as letras… algumas com profundas lições de vida, mas sem ser pedantes. Algo simples, como na maioria das vezes tudo tem de ser.

Do cd “Essa Boneca Tem Manual” eu escolho “Não Chore, Homem“, de onde podemos tirar algumas lições conforme a necessidade. Aproveitem

Não Chore, Homem

Vanessa da Mata

Você me dá muito pouco
E eu vou embora
O que você me deu
Vou jogar fora
O que presta pra mim
É afeição
Eu vou tentar ser bem mais competente
Na escolha da próxima paixão
Meu bem
Próxima paixão, meu bem
Próxima paixão, meu bem
Próxima
Próxima
Próxima

Eu quero alguém bem melhor
E mais bonito
Alguem que nem você eu não preciso
O resultado disso é solidão
Eu vou tentar ser bem mais competente
Na escolha da próxima paixão
Meu bem
Próxima paixão, meu bem
Próxima paixão, meu bem
Próxima
Próxima
Próxima

Não chore homem…

Mas as coisas não são assim
Não é vovó?
São coisas que a gente não escolhe nunca
As coisas do coração
Não é vovó?
Elas são como são ou a gente muda?

Amanhã eu não quero confundir
Atração sexual com ilusões de amor puro

Não chore homem…

vanessa

Envergo Mas Não Quebro

Envergo Mas Não Quebro

Lenine

Se por acaso pareço
E agora já não padeço
Um mal pedaço na vida

Saiba que minha alegria
Não é normal todavia
Com a dor é dividida

Eu sofro igual todo mundo
Eu apenas não me afundo
Em sofrimento infindo

Eu posso até ir ao fundo
De um poço de dor profundo
Mais volto depois sorrindo

Em tempos de tempestades
Diversas adversidades
Eu me equilibrio e requebro

É que eu sou tal qual a vara
Bamba de bambú-taquara
Eu envergo mas não quebro (2x)

Não é só felicidade
Que tem fim na realidade
A tristeza também tem

Tudo acaba, se inicia
Temporal e calmaria
Noite e dia, vai e vem

Quando é má a maré
E quando já não dá pé
Não me revolto ou me queixo
E tal qual um barco solto
Salto alto mar revolto
Volto firme pro meu eixo

Em noite assim como esta
Eu cantando numa festa
Ergo o meu copo e celebro

Os bons momentos da vida
E nos maus tempos da lida
Eu envergo mas não quebro (4x)

Lenine - EuGordinha

Tempo Perdido

“Tempo Perdido”
Legião Urbana

Todos os dias quando acordo
Não tenho mais
O tempo que passou
Mas tenho muito tempo
Temos todo o tempo do mundo…

Todos os dias
Antes de dormir
Lembro e esqueço
Como foi o dia
Sempre em frente
Não temos tempo a perder…

Nosso suor sagrado
É bem mais belo
Que esse sangue amargo
E tão sério
E Selvagem! Selvagem!
Selvagem!…

Veja o sol
Dessa manhã tão cinza
A tempestade que chega
É da cor dos teus olhos
Castanhos…

Então me abraça forte
E diz mais uma vez
Que já estamos
Distantes de tudo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo…

Não tenho medo do escuro
Mas deixe as luzes
Acesas agora
O que foi escondido
É o que se escondeu
E o que foi prometido
Ninguém prometeu
Nem foi tempo perdido
Somos tão jovens…

Tão Jovens! Tão Jovens!…

Relogio e tempo EuGordinha

Pássaro de Fogo

“Pássaro de Fogo”
Paula Fernandes

Vai se entregar pra mim
Como a primeira vez
Vai delirar de amor
Sentir o meu calor
Vai me pertencer

Sou pássaro de fogo
Que canta ao teu ouvido
Vou ganhar esse jogo,
Te amando feito um louco
Quero teu amor bandido

Minha alma viajante, coração independente
Por você corre perigo
To afim dos teus segredos
De tirar o teu sossego
Ser bem mais que um amigo

Não diga que não
Não negue a você
Um novo amor
Uma nova paixão

Diz pra mim…

Tão longe do chão
Serei os teus pés
Nas asas do sonho rumo ao teu coração
Permita sentir
Se entrega pra mim
Cavalgue em meu corpo,minha eterna paixão…

Ohohohohohoooooo

Vai se entregar pra mim
Como a primeira vez
Vai delirar de amor
Sentir o meu calor
Vai me pertencer

Sou pássaro de fogo
Que canta ao teu ouvido
Vou ganhar esse jogo,
Te amando feito um louco
Quero teu amor bandido

Minha alma viajante, coração independente
Por você corre perigo
To afim dos teus segredos
De tirar o teu sossego
Ser bem mais que um amigo

Não diga que não
Não negue a você
Um novo amor
Uma nova paixão

Diz pra mim…

Tão longe do chão
Serei os teus pés
Nas asas do sonho rumo ao teu coração
Permita sentir
Se entrega pra mim
Cavalgue em meu corpo, minha eterna paixão…

Tão longe do chão
Serei os teus pés
Nas asas do sonho rumo ao teu coração
Permita sentir
Se entrega pra mim
Cavalgue em meu corpo, minha eterna paixão…

paula-fernandes BlogEuGordinha

Elis Regina – Alô, Alô, Marciano

elis regina pimentinha EuGordinhaBlog

Amo na voz de Elis o que ela expressa dos sentimentos que uma vez ou outra permeiam a minha alma. Na verdade não apenas a minha, mas a de todo e qualquer ser humano vulnerável e sensível aos sentimentos e emoções que nos habitam. Diante das coisas estranham que andam acontecendo no mundo, resolvi compartilhar essa canção que nos propõe com graça uma reflexão sobre nossas atitudes.

Alô, Alô, Marciano

Elis Regina

Alô, alô, marciano
Aqui quem fala é da Terra
Pra variar estamos em guerra
Você não imagina a loucura
O ser humano tá na maior fissura porque
Tá cada vez mais down o high society

Down, down, down
O high society

Alô, alô, marciano
A crise tá virando zona
Cada um por si todo mundo na lona
E lá se foi a mordomia
Tem muito rei aí pedindo alforria porque
Tá cada vez mais down o high society

Down, down, down
O high society

Alô, alô, marciano
A coisa tá ficando ruça
Muita patrulha, muita bagunça
O muro começou a pichar
Tem sempre um aiatolá pra atola Alá
Tá cada vez mais down o high society

Down, down, down
O high society

Alô, alô, marciano
Aqui quem fala é da Terra
Pra variar estamos em guerra
Você não imagina a loucura
O ser humano tá na maior fissura porque
Tá cada vez mais down o high society

Down, down, down
O high society

 

Cartola – Música de Qualidade

Cartola e Dona

Cartola e Dona

De vez em quando me dá uma saudade de tempos nos quais eu nunca vivi. Quando é assim eu faço o meu teletransporte pondo pra tocar as canções de antigamente. Não que naquele tempo fosse melhor do que hoje, mas tinham algumas coisas muito preciosas. A poesia e filosofia de vida presente nas canções de Cartola me levam pra um tempo assim, onde o amor era mais simples e parecia mais durável do que hoje em dia.

Hoje em dia poucos conhecem Cartola entre uns 80% dos jovens que eu conheço. Então pra não deixar passar a vida sem conhecer algo bom, estou compartilhando hoje.

Saibam…

Hoje eu ganhei de presente uma outra audição, percepção, sentido em certa canção interpretada por Gonzaguinha. Pra quem possa não perceber eu separei uns trechos…

Eu apenas queria que você soubesse
Que esta menina hoje é uma mulher
E que esta mulher é uma menina
Que colheu seu fruto flor do seu carinho

 

Eu apenas queria dizer a todo mundo que me gosta
Que hoje eu me gosto muito mais

Porque me entendo muito mais também

 

E que a atitude de recomeçar é todo dia toda hora
É se respeitar na sua força e fé
E se olhar bem fundo até o dedão do pé

Eu Apenas Queria Que Você Soubesse

Gonzaguinha

Eu apenas queria que você soubesse
Que aquela alegria ainda está comigo
E que a minha ternura não ficou na estrada
Não ficou no tempo presa na poeira

Eu apenas queria que você soubesse
Que esta menina hoje é uma mulher
E que esta mulher é uma menina
Que colheu seu fruto flor do seu carinho

Eu apenas queria dizer a todo mundo que me gosta
Que hoje eu me gosto muito mais
Porque me entendo muito mais também

E que a atitude de recomeçar é todo dia toda hora
É se respeitar na sua força e fé
E se olhar bem fundo até o dedão do pé

Eu apenas queira que você soubesse
Que essa criança brinca nesta roda
E não teme o corte de novas feridas
Pois tem a saúde que aprendeu com a vida

Eu apenas queria que você soubesse
Que aquela alegria ainda está comigo
E que a minha ternura não ficou na estrada
Não ficou no tempo presa na poeira

Eu apenas queria que você soubesse
Que esta menina hoje é uma mulher
E que esta mulher é uma menina
Que colheu seu fruto flor do seu carinho

Eu apenas queria dizer a todo mundo que me gosta
Que hoje eu me gosto muito mais
Porque me entendo muito mais também