Alívio – Djavan

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=TT9TLrOVyhM%5D

Alívio

Djavan

Aturei andar de bar em bar
Na contramão
Pra seguir a sua direção
Vou na praia e todos são iguais
Queimados ou não
Sempre a procurar sem direção
Aturdido sem sentido
Não sei onde vou
Toda hora é como agora
É viver só pra lhe esperar
Eu queria tanto descansar
O meu coração
Uma nova má notícia não
Seja lindo amor bem vindo
E cresça o quanto for
Me apareça e faça o seu gol
Pra eu respirar
E ter alívio
E nessa condição
Vou poder me situar
Em seu convívio
Tão colorido
Quiçá no lado azul
Preto, branco, qualquer cor
Mas sempre vivo

Pre-Ocupações

Jogo de Xadrez, preocupação, EuGordinha

Aprendi que não adianta me “pré-ocupar” com as coisas que podem acontecer, quando elas ainda não aconteceram. É como um jogo de xadrez: Você pode imaginar todos os lances do adversário, mas só vai tomar uma decisão real, quando ele mover a peça escolhida por ele. A vida é mais complexa do que um jogo de xadrez. As pessoas não são meus oponentes. Nem mesmo nos negócios, os concorrentes são meus oponentes… pois no fundo acredito e vivo uma certa realidade, que o que é MEU é MEU e pronto, ninguém toma. Eu posso desperdiçar o que e meu e ai, então, outra pessoa se favorece com o que deveria ser meu… mas isso é uma outra história.