Vítima de Nós Mesmos

Vítima de Nós Mesmos - EuGordinha

Todos nós em algum momento da vida pode ter sido (ou ainda estar sendo) vítima de um modo errado e estranho de pensar. Um preconceito, por exemplo, é um modo estranho de pensar. Não apenas porque promova exclusão e tristeza ao coração das pessoas, mas porque é um pré-conceito. Conceitos são ideias formadas sobre algum assunto, qualquer que seja. Pré-conceitos, são ideias pré-formadas tomadas como se estivessem completas, influenciando o modo como a pessoa vai pensar… e consequentemente agir. Há muito de nossas atitudes que são tomadas no automático – a gente nem percebe o que nos motiva a agir de um jeito ou de outro. Mas muito do que a gente faz é resultado direto do modo como estamos pensando.
Pois então, algumas pessoas são vítimas dos seus pensamentos. Por exemplo, achar que a vida NÃO VAI MUDAR, que tudo sempre se repete na sua vida, então vai ser desse JEITO PRA SEMPRE. Entre outras coisas. A vida sempre muda. Não é porque não deu certo de um jeito que não vai dar de outro. Aliás, muitas vezes acontece de termos o mesmo resultado por estarmos sempre seguindo a mesma receita repetida de sempre no modo de fazer as coisas – esse princípio serve pra quase tudo na vida… É preciso saber, ou pelo menos entender que a nossa visão sobre as coisas pode ser limitada, não nos deixando perceber outras POSSIBILIDADES. por exemplo, não é porque uma coisa está na moda que ela se torna a única possibilidade de Beleza. O que é belo ou não depende do nosso gosto pessoal, das nossas preferências, das nossas vontades… o senso comum é uma outra coisa, o se deixar ser Maria-vai-com-as-outras é uma outra história. Podemos ser Senhores e Senhoras dos nossos destinos, quando e como quisermos. A começar pelo mundo interior. Há quem possa Podem prender o corpo, tapar a boca, calar a voz. Mas ao pensamento não conseguem prender NUNCA – só quando há PERMISSÃO pra isso.E por incrível que pareça, algumas pessoas ainda permitem um aprisionamento assim.

Aparências

“Não se deixe
iludir pelas aparências.
Cultive muito mais
uma essência pessoal
do que um valor passageiro.
No final das contas
ficam com a gente pelo que somos

e não pelo que aparentamos ser..”
Leonardo Ladislau

O que nos Encanta

 

O diferente costuma ser encantador.

Todos nós temos as nossas particularidades sejam exteriores ou interiores. Muitas vezes ficamos a lutar por anos na tentativa de nos modificar e sermos mais “aceitáveis” – antes aos outros do que pra nós mesmos.

Pensemos: Quando, por exemplo, alisamos ou pintamos os cabelos pra agradar a nós mesmos, será que no fundo não estamos tentando agradar ao PADRÃO que colocaram dentro de nós do que é belo? O espelho não é um objeto natural que encontramos pela natureza de modo fácil. A natureza por si só cria, sim situações nas quais podemos nos ver refletidos. Mas não é um ato natural o de nos olharmos no espelho, é um ato cultural. Nos ensinaram a nos olharmos no espelho e buscarmos uma BELEZA que nem sempre é a que está em nós por nascença.

Precisamos aprender a nos ver como somos e descobrir a beleza de nossa cor de pele, formato de nariz, tipo de cabelos, altura, jeito de ser… Se nos amarmos sendo originais, como os DNAs determinaram, toda mudança que fizermos não terá o peso da não aceitação como opressora.

Aprendendo a Amar – Mimo Gostoso


“O importante não é o dia em que conhecemos as pessoas, e sim o dia em que elas passam a existir dentro de nós” (anônimo)

Valorização Pessoal

Me amo acima de qualquer coisa, mas ainda consigo não ser egoísta ao extremo.

Sua Cara é Bonita?

Bruxa da Branca de Neve EuGordinha

“Espelho, espelho meu, existe alguém mais linda do que eu”

Quem leu ou assistiu Branca de Neve conhece essa frase da Madrasta que depois virou a Bruxa Má, uma Narcisista de primeira. Ela passava por isso que todos temos alguma vez na vida de querer sermos aceito como somos, e no meio do caminho procurar fazer com que gostem de nós pelo que eles dizem que é legal.

Você sabia que é muito mais fácil achar alguém que te ame de verdade quando você mesma/mesmo se ama primeiro? Parece lógico demais falar isso, mas é uma verdade que tenho comprovado. Quanto mais nos amamos de verdade, mas aparecem aqueles que se importam com quem REALMENTE somos.

Todas as vezes que tentamos ser alguém além de nós mesmos pra agradar os outros, essa tal máscara de falsidade que criamos é que é amada ao invés de nós sermos amados. Permanece sempre uma sensação de que temos de fazer algo pra sermos agradáveis ao invés de experimentarmos a agradável sensação de sermos amados pelo que somos.

No final das contas não importa se a sua cara é bonita ou feia, importa é se você se ama de VERDADE OU NÃO. Há que use e abuse da maquiagens tentando ter uma beleza que não lhe agrada, mas agrada aos outros. Isso não é beleza de verdade. Tenho pra mim que a beleza de verdade me torna mais feliz, mas satisfeito com a vida, em paz!

SER Gordinha – por Lauane Regina

Ser gordinha não é nenhum defeito, apesar de existir tanto preconceito de certas pessoas que eu chamo de incapazes, pois a pessoa que não vê preconceito em ninguém aprende a aceitar cada um do jeito que somos. Podemos ser gordinhas feias ou bonitas, mas pra mim não existe ninguém feio acho que cada um tem o seu jeito de ser bonito. Uma coisa admiro em nós, Photoshop muda muito um corpo a maneira na qual o queremos, mas mesmo assim tiramos fotos e não nos preocupamos em muda-las de forma alguma. Já essas pessoas famosas do que adianta sairem lindas em revistas se a beleza que elas mostram pra todos nós são belezas modificadas por computador? É isso que penso, e quem se sentir ofendido desculpem, mas cada um faz a sua opinião da maneira que achar correto. Agora as magrinhas de plantão que tem preconceito sobre as gordinhas não fiquem tristes, pois a mesma felicidade que vocês têm quando amam também temos, apenas não temos um mundo de homem ao nossos pés, pra querer desfilar conosco pela rua achando que somos objeto de beleza mas sim encontramos um homem pra nos ama de verdade!!

por Lauane Regina Da Silva