Amar é Aprendizagem

Como é que nós aprendemos a amar? Amar se aprende amando… já me disseram. Mas tem o lado da aprendizagem, de vermos e ouvirmos, lermos e pensarmos sobre. Quando é que a gente sabe que está amando alguém? Quando quer ter a pessoa por perto? Mas e quando o estar perto (seja fisicamente, ou mais ainda, emocionalmente) nos causa algum tio de atrito, desentendimento, conflito interior? Tenho crido que amar implica em cuidar, antes de si mesmo e depois do outro o tanto que estamos cuidando de nós. Amar é uma estrada de mão dupla. Um declarar e ser ouvido, um ouvir declarar.

Tem uma porção de coisas que eu preciso aprender sobre o amor… Enquanto isso admiro os amores que estão crescendo como árvores ao meu redor. A Vanessa Vieira me permitiu por uma foto dela com seu amado Walter. Agradeço ao casal pela oportunidade de me deixar expor o que considero tão caro. *-*

“Ei, meu anjo. Estive pensando muito em nós nesta última semana. Lembrei do teu sorriso e da tua risada, do teu cheiro, do teu jeito, da tua falta de jeito. Lembrei dos teus carinhos. Você já me disse que “quando é pra ser, é, independente de tudo”. Eu espero que essas tuas palavras tenham força. E torço, torço a cada dia pelo futuro. Torço para ver cada vez mais sorrisos, mais alegrias, mais abraços. Cada vez mais nós.
Ei, bebê. Eu sei que ali em cima tá escrito paixão, mas você sabe que não é minha paixão. Paixão é passageira. Você é meu amor. O amor da minha vida. Sabe qual é meu sonho, hoje? Quero casar contigo pra ver teu riso todo dia, multiplicado por três, correndo pela casa. Quero acordar daqui há 10 anos, e já estar casada com você. Quero acordar todos os dias tendo a certeza de que existe algum ser humano que realmente me ama e se importa comigo.
Ei, mô. Não esquece o quanto eu te amo, tá? Já te disse isso por esses dias, eu sei… Mas é sempre bom lembrar! Te quero sempre aqui comigo.
Com todo amor para vc…”  

(Vanessa Vieira ao seu amado)

Amar é Aprendizagem

Amar é uma aprendizagem difícil. Embora tenhamos nascido para o amor, amar não é instantâneo. É como aprender a andar, a gente vai de passo em passo. Alguns caem tremendamente e dói tanto que nem dá mais vontade de continuar andando. Ai ficamos prostrados num canto, à espera de algum milagre que não vem. A gente precisa aprender a amar, amar a quem de direito, o Eterno, a nós mesmos e aos outros. É um processo, uma sequência de etapas quais não acontecem automaticamente… sei que estou teorizando um pouco as coisas por aqui Na verdade é mais simples do que parece… é como aprender a distinguir os sabores, mas no caso distinguir os saberes: Entre o amargo e o doce, o doce e o salgado, o azedo, quais combinações eu gosto mais?

“Quem está satisfeito despreza o mel, mas para quem tem fome até o amargo é doce.” 
Provérbios 27:7

É preciso descobrir o que é o amor e depois como podemos amar. É preciso descobrirmos o amor por nós mesmo, porque mesmo que não haja ninguém por perto de nós, temos a nós mesmos, e se não nos amarmos primeiro, como receber o amor do outro sem ser extremamente dependente dele? A se de aprender a amar com liberdade…

Amor por Si

Amar a si mesmo frase Blog EuGordinha

Gente como eu batalho com as meninas e meninos que estiverem ao meu redor no sentido de que se vejam como são dignos de amor, mas não apenas do amor alheio, como geralmente nós pensamos que tem de ser. Antes de sermos amados pelos outros precisamos aprender a nos amar.

Amar a si mesmo é uma aprendizagem. Haja vista os milhares de livros de auto-ajuda, que nos tentam dizer que somos importantes e tal… Parece que há uma guerra contra nossas mentes. Onde se por um lado se declara repetidamente que não somos bons o suficiente e precisamos ser isso e ter aquilo pra ser aceitáveis, por outro lado há uma luta nossa contra essas idéias ruins, pra que nos aceitemos como somos e tiremos proveito disso em tudo.

Vou estar batalhando nisso durante esses dias que estão vindo… precisamos aprender a nos amar!