Carinho

Amar pode ser tão simples. Muitas vezes, nós, seres humanos, que nos gabamos de sermos “seres evoluídos” não nos damos conta de como amar é importante e simpes. A gente complica muito as coisas. A gente se magoa por pouca coisa – porque nos fizeram pouca coisa, ou deixaram de fazer, nos disseram ou deixaram de dizer. Mas a gente só percebe que foi pouca coisa, quado vira a página e acontece algo maior, mais importante, mas IMPACTANTE. Mas cada um tem lá o seu limite, então o que pode ser pouco pra mim é muito muito pra outra pessoa.

Na verdade eu comecei querendo compartilhar uma foto linda, de um amor simples. Entendo o afeto que algumas pessoas têm por seu bichanos. Dizem que o “cão é o melhor amigo do homem”. Marley que o diga, dos livros, ganhou as telas do cinema e o coração de muitos. Sei que algumas frustrações com o ser humano nos fazem nos apegar aos cães ou outros bichinhos de estimação muito mais do que aos nossos pares…

Puxa vida temos tanto a aprender. Não sei mais o que dizer… e não é por falta de criatividade, é questão de ânimo mesmo. Hoje eu acho que só queria um latido sincero e um pouco de silêncio. Tem vezes que viver cansa. Mas ainda assim é muito bom.

Bem, acho que acabei fazendo desse post um pouco de desabafo. Mas tudo bem, a vida também tem disso. Não vou me deixar entristecer. Daqui a pouco o dia acaba e hoje eu ainda tenho muito o que viver.

latidos sinceros a quem possa ouvir…

O Amor é o Caminho

Abraço Amor Blog EuGordinha

“O amor é o que da sentido a vida.. Sem ele somos incapazes de resistir as diversidades impostas.. incapazes de suportar as falhas alheias.. Acredito que semeando e disseminando o amor é que teremos mais momentos de felicidades.. Amor é renuncia.. é entender.. enfim amor é amar sem preconceitos e sem limites.. rarara”

(Suely Regina)

Eu Te Amo

“Não precisa dizer que me ama. Eu sei disso se for verdade mesmo… Vai transpirar em tua pele e eu vou pressentir nos ferômonios, assim como certos animais pressentem o medo ou a raiva. Se for verdade que você me ama eu vou saber mesmo que você não me diga, porque vou ver nos seus olhos um brilho furtivo e tua preocupação comigo vai me aplacar a necessidade que tenho de saber se está tudo bem comigo… teus olhos terão o brilho sincero de um espelho limpo sobre meu corpo e minha alma. Será tão simples o teu amor como uma sombra em dia quente e um gole d’água na sede. Prezo muito o teu silêncio, portanto me poupe de suas palavras. Continue me amando assim tão pulsantemente, eu vivendo o teu sangue correndo em mim por dentro. Não preciso pensar muito em ti, pra que dês sinal de vida. Pra mim isso vale mais do que qualquer eu te amo dito assim em qualquer idioma que seja. Seja você simplesmente e eu sei que na tua essência há uma amor por mim. Isso me basta.” (L. Ladislau)

Estre Aspas – Amar é…

Thayla Villas do blog MeDeixaEstar compartilhou comigo uma reflexão bem boinha, como diz minha irmã.

“A primeira lição está dada: o amor é onipresente. Agora a segunda: mas é imprevisível. Jamais espere ouvir “eu te amo” num jantar à luz de velas, no dia dos namorados. Ou receber flores logo após a primeira transa. O amor odeia clichês. Você vai ouvir “eu te amo” numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza. Idealizar é sofrer. Amar é surpreender.” (anônimo)

Quando a gente tem muitas expectativas em relação ao sentimento dos outros por nós, as emoções que podem surgir e tal, quando as mesmas não acontecem como esperávamos, a dor é tremenda. Nosso egoísmo quer que tudo aconteça do jeito que a gente quer. rsrs Mas o mundo não funciona assim – por mais que esteja lotado de coisas ruins. A gente sempre tem uma escolha e a nossa melhor escolha é o domínio-próprio. Cuida bem dos relacionamentos, quem primeiro cuida de si mesmo antes de cuidar do outro. Regrinha básica de sobrevivência emocional. Tenho aprendido muito na base dos erros e acertos. Mas também, tenho aprendido bastante ouvindo e vendo as experiências alheias…