O Que é A Beleza?

O que é a Beleza - EuGordinha

“Beleza não põe mesa.” Diz o ditado popular sabiamente.  Beleza não põe mesa, não conversa em dias de solidão, não faz amor gostoso dizendo bom dia… Ei! Dizer BOM DIA pode sim, ser uma das variadas formas de se fazer amor. #FicaDica.

O fato é, que a beleza não pode ser definida em apenas de uma forma, ela é muitiforme, variada, múltipla e quaisquer outras palavras que signifiquem quantidade. É engraçado mas amanheci com uma resolução pronta em relação a alguns fatos da vida. A saber: Não apoio mais concursos de beleza! Simplesmente porque o que eu considero belo pode não ser para grande maioria que se deixa cegar pelo que meia dúzia de gatos pingados interesseiros dizem que é belo ai pela mídia afora e ainda tentam nos enfiar goela abaixo.

Lembro de quando eu era adolescente e me apaixonei por uma menina “linda” aos meus olhos. Ela era grande e formosa, bem gorda mesmo e tinhas os cabelos assim, o sorriso assado e etc e tal. Os meus amigos de então faziam a lista das meninas mais bonitas e ela estava nos últimos lugares… levando em consideração que não havia outra classificação além de LINDA – NORMAL e FEIA, as últimas classificadas na lista daqueles meninos de outrora eram as feias… sendo assim… Como podia aquela menina linda aos meus olhos ser considerada FEIA? Eu estava errado no meu modo de ver as coisas? Não! Eles estavam errados. E muitos meninos ainda continuam errados e algumas mulheres também e outros homens igualmente.

Na boa, cansei de ficar medindo beleza pelas proporções do quadril ou busto ou formato dos olhos, nariz e boca, cor e comprimento dos cabelos. Pouco deveria importar o tamanho da bunda, ou seios, ou barriga, coxas e etc. O corpo pode nascer de um jeito mas ao longo dos anos muda e pode mudar muito. BASTA! Não apoio mais essas concursos de beleza plus size ou qualquer outro concurso de beleza do gênero.

A beleza é algo que cabe aos olhos de quem vê. Se eu acho que uma barriga caída é sexy, essa é uma verdade minha e ninguém tem a ver com isso. Goste quem goste, desgoste idem – não preciso me importar com a opinião dos outros quando o único beneficiado ou prejudicado pode ser apenas eu!

Meninas acordem para o fato de que o corpo de vocês não precisa ser CLASSIFICADO como feio ou bonito. Se ele funciona bem, e está com saúde, trate das questões de higiene, que é fundamental, e quando à beleza que eles possam ter… Experimentem amar tal qual foram feitas. Costumo dizer que Deus não erra quando nos faz. Dizer que um corpo é feio e outro é bonito é limitar a perfeição de Deus – isso pra quem crê nEle. Cada qual enxerga a beleza que quer onde o olhar se deleita.

#TenhoDito

Leonardo Ladislau

bbw feliz - EuGordinha

Como Tirar Vantagem das Adversidades

Ser Carvão ou Diamante – por Leonardo Ladislau

Qual a diferença entre um diamante e um carvão? Ambos são feitos do mesmo elemento químico mas cada qual passou por um processo diferente na vida. Da mesma forma o que faz de nós vitoriosos ou fracassados, valiosos ou não é a atitude que tomamos diante das adversidades. Sei que a palavra fracassado pode ser pesada demais, acontece que ela não pode ser evitada. Quando eu digo fracasso, não estou me referindo aos planos que criaram pra nós, e nos obrigaram a cumprir sob pena de não sermos felizes se não os realizarmos. Ser bem sucedido não precisa necessariamente ser o que querem que sejamos. Estou entendendo que o fracasso seja quando falhamos em estar bem com a gente mesmo, alcançando o que nos faça feliz sem o prejuízo pessoal e alheio. E se for pra olhar desse modo, todos somos um pouquinho fracassados ainda pois nem todos nós alcançamos a felicidade por completo. Sendo assim, a vida seria uma luta constante contra as adversidades que nos impedem de ser feliz. Cada dia uma oportunidade de lutar pra mudar as coisas. Essa tal felicidade seria muito mais a interior do que a que todos enxergam por fora. Sabe quando a gente fica satisfeito com a gente mesmo por estar dando o nosso melhor e já não ser mais o que era antes? Não precisa ser 100% perfeito, mas é necessário estar caminhando rumo ao alvo. É dessa felicidade que estou falando. Todos temos a capacidade de mudar em meio as circunstâncias. Todos temos a capacidade de ter novos pensamentos ao invés dos de sempre que não têm nos levado a uma satisfação com a gente mesmo. Todos podemos mudar, bastando pra isso QUERER. O QUERER fará de nós um pedaço de carvão ou uma peça de diamante.

Citando outra fonte:

Carvão e diamante são substâncias que têm a mesma composição, mas valores extremamente diferentes. Imagine só fazer joias usando carvão ou acender uma lareira colocando diamantes para queimar, não seria absurdo?

Na verdade, a semelhança entre diamante e carvão limita-se apenas ao fato de que o carvão é um mineral rico em carbono e os diamantes também são feitos de carbono.
E por que o diamante possui valor tão alto, ao contrário do carvão, que é simplesmente queimado?

Vejamos as diferenças no processo de formação:

Os diamantes são obtidos sob altíssimas pressões a partir do magma presente no interior da Terra (bem abaixo da crosta). Foram necessários vários séculos para que camadas de magma fossem sendo depositadas umas sobre as outras, acarretando em forte pressão. O magma foi sendo comprimido até se petrificar. O resultado você já sabe, diamantes belos, duráveis e muito valiosos.

Já o carvão surge de um processo bem mais simplificado e acessível, ele é obtido a partir da decomposição de folhas, vegetação e árvores. O local escolhido é embaixo da terra, onde as temperaturas se elevam em relativa pressão. O carvão é formado a partir das mudanças físicas e químicas propícias a essas condições, num tempo bem inferior ao que origina o diamante.

Portanto, não seria possível ambas substâncias possuírem o mesmo valor comercial, uma vez que o tempo de formação se difere nos dois processos.

Por Líria Alves
Graduada em Química

Via BrasilEscola.com