Não gostei das Princesas da Disney gordas

Muita gente embarcou num hit da internet mundial: as princesas da Disney gordas feitas pela artista plástica americana Aly Bellissimo para o Cartoon Brew. As imagens correram os sites (incluindo os da grande mídia) classificando os desenhos como “curiosidade”. Apesar de todos os aplausos dados, sou obrigada a dizer que não gostei. Por quê? Explico:

Como bem percebeu a Mafalda, em seu post no Monalisa de Pijamas, as princesas gordinhas estão tristes. Eu diria mais: depressivas. Como se toda aquela felicidade e cantoria dos filmes tivesse ficado para trás porque engordaram.

As imagens me incomodaram tanto que comecei a pesquisar sobre Aly Bellissimo. Minha primeira parada foi numa entrevista que a recém-formada de apenas 21 anos deu ao Terra Magazine, na qual ela falou que não se trata de um protesto contra a magreza: “Eu faço só por diversão”. Até aí, tudo bem, principalmente porque isso rendeu a ela mais de nove mil acessos em seu blog Creepy Miranda – no qual costuma postar histórias de uma personagem gordinha que usa óculos e (dizem) até se parece com a autora.

E sabem o motivo para ela gostar de mulheres rechonchudas? “É mais fácil na verdade, desenhar gente magra é muito difícil”. Ok. Boa razão, não acham?

Até acharia interessantes as histórias da Creepy Miranda, se elas tivessem o objetivo de mostrar a baixa autoestima e as situações vividas pela gordinha lésbica que se apaixona por mulheres com corpo de modelete. Mas a própria autora diz que a intenção é se divertir. Espero que ela tenha alcançado seu propósito, porque sou obrigada a dizer que eu não consegui.

E no caso das princesas da Disney gordas, se o intuito era zoar com a Branca de Neve,CinderelaBela e Jasmine, digo que prefiro o que fizemos no Monacast 78 – Para Sempre Princesa. No programa, eu, Mafalda e Euba desconstruímos esses e outras personagens perfeitinhas dos contos de fadas. Falamos sobre essas mulherzinhas sem defeitos que estão nos livros, nos filmes e também as que encontramos no mundo real.

Clique na Foto pra acessar o Podcast

Tenho certeza que vocês se divertirão mais escutando o programa do que eu ao me deparar com as princesas gordas da Aly Bellissimo ou ler as aventuras de sua personagem Creepy Miranda.

Via PapoDeGordo

Sua Cara é Bonita?

Bruxa da Branca de Neve EuGordinha

“Espelho, espelho meu, existe alguém mais linda do que eu”

Quem leu ou assistiu Branca de Neve conhece essa frase da Madrasta que depois virou a Bruxa Má, uma Narcisista de primeira. Ela passava por isso que todos temos alguma vez na vida de querer sermos aceito como somos, e no meio do caminho procurar fazer com que gostem de nós pelo que eles dizem que é legal.

Você sabia que é muito mais fácil achar alguém que te ame de verdade quando você mesma/mesmo se ama primeiro? Parece lógico demais falar isso, mas é uma verdade que tenho comprovado. Quanto mais nos amamos de verdade, mas aparecem aqueles que se importam com quem REALMENTE somos.

Todas as vezes que tentamos ser alguém além de nós mesmos pra agradar os outros, essa tal máscara de falsidade que criamos é que é amada ao invés de nós sermos amados. Permanece sempre uma sensação de que temos de fazer algo pra sermos agradáveis ao invés de experimentarmos a agradável sensação de sermos amados pelo que somos.

No final das contas não importa se a sua cara é bonita ou feia, importa é se você se ama de VERDADE OU NÃO. Há que use e abuse da maquiagens tentando ter uma beleza que não lhe agrada, mas agrada aos outros. Isso não é beleza de verdade. Tenho pra mim que a beleza de verdade me torna mais feliz, mas satisfeito com a vida, em paz!