Como não Lembrar de Um Amor

Você Não Me Ensinou A Te Esquecer

Caetano Veloso

Não vejo mais você faz tanto tempo
Que vontade que eu sinto

English: Caetano Veloso at Umbria Jazz (Perugi...

Image via Wikipedia

De olhar em seus olhos, ganhar seus abraços
É verdade, eu não minto

E nesse desespero em que me vejo
Já cheguei a tal ponto
De me trocar diversas vezes por você
Só pra ver se te encontro

Você bem que podia perdoar
E só mais uma vez me aceitar
Prometo agora vou fazer por onde nunca mais perdê-la

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
e te querendo eu vou tentando me encontrar

E nesse desepero em que me vejo
já cheguei a tal ponto
de me trocar diversas vezes por você
só pra ver se te encontro

Você bem que podia perdoar
E só mais uma vez me aceitar
Prometo agora vou fazer por onde nunca mais perdê-la

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
e te querendo eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando me encontrar

Amor Engaiolado

Clique na imagem pra fazer download

” …Nós devemos amar as pessoas e controlar a nós mesmos. Mas o que fazemos é justamente o contrário. Amamos a nós mesmos e controlamos as pessoas…” (Joyce Meyer)

Porque é que ao amarmos as pessoas nos sentimos no direito de controlar suas vidas, fazendo delas nossos escravos emocionais, dependentes de nós, nossos servos amáveis, obrigados a nos satisfazer os desejos do coração?

Durante muito tempo vivi relações de amor assim. Eu era cega e nem percebia. Hoje em dia não vejo que isso seja saudável. Frase de amigo meu que eu amo: “Quem ama deixa a gaiola aberta” (Leonardo Ladislau). Contrariando um pouco a letra de Caetano Veloso em Sozinho: “…Por que você me deixa tão solto? / Por que você não cola em mim? / Tô me sentindo muito sozinho / Não sou nem quero ser o seu dono / É que um carinho às vezes cai bem“, não quero questionar a desatenção de alguns amantes, mas sim a exigência daqueles que ao serem amados querem se fazer nossos donos. Realmente há necessidade de se armar uma gaiola onde se possa prender o outro para que não o percamos de nossas vidas? Amar pode ser: viver e deixar viver, contribuindo pra que a vida em ambos, o que ama e o que á amado, seja multiplicadamente vivida.

Prioridades Pessoais

Hoje de manhã uma canção ficou tocando na minha cabeça, mesmo sem eu ter nos ouvidos uns fones que tocassem as minhas preferidas guardadas no mp3. Segue a letra que serve pra boas reflexões pra quem anda sofrendo sem necessidade na vida…

Só Vou Gostar de Quem Gosta de Mim

Caetano Veloso

Composição: Rossini Pinto

De hoje em diante
Eu vou modificar
O meu modo de vida
Naquele instante
Em que você partiu
Destruiu nosso amor
Agora não vou mais chorar
Cansei de esperar
De esperar enfim
E prá começar
Eu só vou gostar
De quem gosta de mim…

Não quero com isso
Dizer que o amor
Não é bom sentimento
A vida é tão bela
Quando a gente ama
E tem um amor
Por isso é que eu vou mudar
Não quero ficar
Chorando até o fim
E prá não chorar
Eu só vou gostar
De quem gosta de mim…

Não vai ser fácil
Eu bem sei
Eu já procurei
Não encontrei meu bem
A vida é assim
Eu falo por mim
Pois eu vivo sem ninguém…

De hoje em diante
Eu vou modificar
O meu modo de vida
Naquele instante
Em que você partiu
Destruiu nosso amor
Agora não vou mais chorar
Cansei de esperar
De esperar enfim
E prá começar
Eu só vou gostar
De quem gosta de mim…