Me Amar…

Por qual motivo eu não me amaria? Quando eu faço besteiras e me arrependo eu fico com raiva de mim mesma. Mas depois isso passa… Mas enquanto não passa é como se eu fosse inimiga de mim mesma. Não posso ser inimiga de mim, preciso me amar apesar de tudo. Só que é tão difícil se amar quando ninguém parece me amar o suficiente. Parece que não tenho valor algum quando ninguém diz me amar. Ai eu corro o risco de fazer coisas pra que gostem de mim… Mas ai também corro o risco de ficar escravo de agradar os outros, pra que não me rejeitem… Preciso aprender a me amar bem mais do que aparentemente me amam. Ter o cuidado de não ser egoísta, porque egoísmo isola o ser que o possui; mas tenho de ser a fonte que primeiro me dá de beber do amor – depois de Deus, é claro.