Admiradores de Gordinhas: Corajosos?!

Gordinha

By Pedro Araújo
‘Poucas coisas me tiram do sério hoje em dia, estas poucas coisas apesar de poucas quando me tiram do sério, elevam minha raiva e descontrole ao nível máximo, muito bem. Esta semana presenciei numa outra página sobre gordinhas a seguinte postagem:
“Postem suas fotos admiradores de gordinhas, vamos ver quem sãos os CORAJOSOS!”
Para tudo mermão! Que p#rra é essa?! Quer dizer que por eu simplesmente gostar ou assumir o meu amor/prazer/gosto por gordinhas eu sou CORAJOSO?! Muito me admira uma página que, aparentemente, têm como objetivo exaltar a beleza das gordinhas ou, se for o caso, ajudá-las com a questão do preconceito, colocar algo tão PEQUENO e PRECONCEITUOSO no mural! Eu sou homem, hétero e gosto de mulher, de mulheres GRANDES por sinal. Isso agora é sinal de coragem, de “peito de aço” ou que eu sou o próximo Indiana Jones? PURO PRECONCEITO. Assumir gostar de gordinhas é algo normal, é como assumir gostar de magrinhas, de altas, de baixas, de loiras, de morenas, de ruivas, de japonesas e etc. Gostar de gordinha não é fetiche, doença ou tara, é ter inteligência e bom gosto pra assumir que gosta de um biotipo 100% BRASILEIRO e que consegue ser mais sensual do que qualquer outro tipo, me desculpem as magras, mas curvas é algo fundamental! Simplesmente fico p#to da cara quando me chamam de corajoso por eu simplesmente gostar de gordinhas… QUAL A DIFERENÇA?! Uma gordinha é mulher do mesmo jeito que a magra, que alta, que baixa, que negra, que a branca, que a asiática e qualquer outro tipo de mulher desse mundo! O preconceito começa aí, quando acham que as gordinhas têm que ser tratadas de modo diferente simplesmente porque são gordinhas, ah façam-me o favor! Sou homem, hétero e AMO UMA GORDINHA, isso não me faz um cara doente, fetichista ou anormal, e sim um cara com muito BOM GOSTO pra mulher! Tenho dito aqui!’

via SOUGordinhaSIM

Valorize-se…

valorize suas curvas

Relaxa ai Fofa, o Espelho é seu Amigo

Particularmente eu não gosto de blogs onde as pessoas simpesmente copiam e colam o conteúdo alheio. Mas como eu conheço um pouquinho a pessoa em questão, acho que ela não vai se ofender se eu der um Ctrl+C e Ctrl+V na postagem dela que eu li e diz muito do que penso também:
Gordinha se vendo no espelho

adipositivity project

A gente não tem o costume de se olhar no espelho e reparar como somos de verdade. Quantas vezes você parou em frente ao espelho, se despiu e reparou cada detalhe do seu corpo? Espero que a resposta não tenha sido nunca, ou faz muito tempo…
Na verdade deveríamos fazer isso sempre, para conhecer de verdade as nossas proporções, saber que de fato seu corpo não oferece medo muito menos é tão feio que até você mesma não tem coragem de olhar, seu corpo é apenas o seu corpo, pode até não ser o corpo que você gostaria de ter mais é seu, é o que você tem.
E o que você anda fazendo para oferecer a seu corpo o tratamento que ele merece? Para se manter radiante e bonita? Afinal de contas não é por que você é gorda que não precisa dedicar tempo e cuidado a esse templo de deus que é o seu corpo. Entre numa banheira e relaxe sinta a água cobrir cada centímetro seu e se imagine em um abraço divino.
Não tem banheira, sem problema se posicione bem abaixo do chuveiro de modo que a água caia diretamente no centro da sua cabeça e percorra todo seu corpo, feche os olhos e dedique seus pensamentos ao silencio ouvindo só o som da água a correr.
Gosto de dizer que quem não se olha sem roupa não conhece a sua essência, suas marquinhas, dobrinhas e gordurinhas em excesso formam um traçado único impossível de ser copiado, ninguém mais no mundo terá a sua silhueta, ninguém mais terá o corpo com detalhes iguais ao seu, por tanto meu bem você é um ser único e precisa dar valor a essa autenticidade.
Por que buscar padrões, por que querer ser igual quando você pode ser única, ser feliz, desejada por ser quem você é, em que livro esta escrito que a regra do corpo é ter medidas mínimas, se você não encontra isso registrado em lugar nenhum é por um fato simples não existe. Então que tal tentar viver de acordo com as suas próprias leis.
Liberar a mente de tantos porquês, de tantos deveres, e obrigações de ser algo que você nem sabe se quer, vejo tanta gente lutando para emagrecer sem saber nem o motivo real de tanta agonia, de tanta busca por um corpo sem curvas. Será que alguém sabe o porquê de toda essa agonia, de onde tiraram tantas regras e números?
Acredito que a coisa já chegou num patamar tão absurdo que quem faz dieta nem sabe mais o motivo real de estar fazendo a dieta, nem conhece mais o porquê de tudo aquilo, qual a motivação de estar tentado seguir uma ideologia implantada no meio em que vive, o porquê de um narcisismo inconseqüente.
Relaxa ai fofa, tire sua roupa, olhe seu corpo admire suas curvas, contemple o ser que você é, fique grata, se ame, comemore com um sorriso tudo que você tem pra oferecer, veja a fartura que seu corpo emana sinta-se bem em ser você. Saia faça compras, vista-se com cores alegres, manifeste felicidade, curta seu momento, curta estar de bem com você, com seu mundo interior e exterior, cante, dance, vá para uma festa se esbalde.
Jogue pra fora todas as neuras, todos os dias em que você não teve coragem de se olhar e ver que você é apenas você, não queira ver refletida no espelho a mulher da capa da revista, não queira encontrar a atriz da novela, não procure na sua imagem a modelo do catalogo de lingerie, busque encontrar você mesma.
Essa pessoa, que acorda todos os dias e enfrenta a vida com todos os acertos e erros, essa pessoa querida que vive os dias esperando ser alguém melhor no dia seguinte, essa moça cheia de graça e curvas redondas, essa pessoa única que só você sabe ser. Desamarra esse bode, sai dessa onda de ter que ser isso ou aquilo, aproveita o que você tem.
Será que você ainda não cansou de viver nessa busca louca por ser tantas coisas, de ficar da forma que os outros querem, de mudar tudo que você é em nome de algo que no fim você nem sabe o que é, tantas contravenções, tantas contrapartidas, tanto tempo perdido.

Desencana fofa, o espelho é seu amigo ele só quer lhe agradar, brinde suas curvas, ame seu corpo é dele que você deve se orgulhar.

Autora: Milly Costa

Pra quem quiser conferir mais, é só clicar em Gordas Revolucionárias