Amor Próprio

Amor Próprio - EuGordinha

“Se você não tem, carro próprio, casa própria, que pelo menos tenha AMOR PRÓPRIO!”

Amor próprio é quando a gente tem pela gente mesmo uma estima, um jeitinho de se dar valor que por mais que digam que valemos menos, sabemos que não. É um se olhar no espelho e se reconhecer como valioso, digno de amor, desejável… não para os outros mas para si mesmo, antes de ser para os outros. O exagero do amor próprio é um narcisismo onde podemos até mesmo ficar cegos, não reconhecendo mais a beleza e valor dos outros, dando exclusiva atenção a nós mesmos. O narcisismo me parece um amor próprio com defeito.

O bom do amor próprio, o ser saudável nele é ter consciência de modo pleno que os elogios dos outros são um reconhecimento justo e não algo que se deva buscar como um troféu. O bom do amor próprio é se amar não pelo que temos apenas de aparente mas pelo que somos e permanece. As coisas que estão dentro de nós podem durar muito mais do que as que estão por for.

Leonardo Ladislau