O que eu QUERO e o que eu MEREÇO

Copiei e colei o texto do Facebook de Mandy Outeiro:

“Insistir naquilo que já não existe é como calçar um sapato que não te cabe mais, machuca, causa bolhas, chega à carne viva e sangra. Então é melhor ficar descalço… Deixar livre o coração, enquanto vive… deixar livre os pés, enquanto cresce. Porque quando a gente cresce, o número muda! As vezes você tem que esquecer o que você QUER pra começar a entender o que você MERECE!!!”

Curta-se

Já foi o tempo no qual eu fazia parte do time que torcia contra mim mesma. Eu era minha pior inimiga de muitas formas. Mas as coisas foram mudando… continuam mudando! Hoje vasculhando atualizações antigas no facebook, achei uma frase de Clarice:

“Mas enquanto eu tiver a mim, não estarei só.” Clarice Lispector

E acabei lembrando de um trecho que escrevi hoje de manhã para o Romance:

“É tão bom quando nos damos conta de que nossa solidão tem nossa presença e estamos finalmente de bem com a gente. Mas tem uma hora que precisamos de uma presença maior.”