Se for pra ser Gorda, seja uma Gorda por inteira!

Evite ficar no grupo da maioria que não se gosta, não se ama, se odeia, por estar acima do peso no qual dizem que ela tem de estar. Ouse atravessar a porta que faz divisão entre uma vida de vitimismo e uma vida de liberdade!

Sabe o que é ser livre? É pode se olhar no espelho e não vê quem você tem a obrigação de ser mas quem você de fato é. Ser livre é saber que você pode ser amada como é e não precisa eliminar alguns quilos do corpo para que seja desejável. Sim, há homem que amam mulheres gordas e, não, eles não querem só fazer sexo contigo! Sim eu sei que há tarados, fetichistas, que sentem muito tesão em mulheres gordas mas não têm a coragem de assumir diante dos amigos que eles amam ter ao seu lado uma mulher cheia de si num relacionamento sério. Esses tais existem, mas podem ser dispensados de seus pensamentos pois o seu alvo é outro. Ouse sair da zona de dependência emocional, aonde servem apenas migalhas ao invés de um banquete inteiro!

Existem na vida as famosas “amigas” (entre aspas bem grande) que gostam que você vá com elas em alguns lugares pois a mediocridade feminina em querer competir umas contra as outras, faz de você um contrapeso interessante – você já viveu isso? De ter uma “amiga” que te leva nos lugares mas desfaz de você? Já teve uma “amiga” que te usa pra desabafar as dores dela mas que não se importa em tratar e curar as suas dores? Uma “amiga” que diz que você precisa emagrecer para ficar mais bonita, afinal de contas “você tem um rosto lindo”? Te digo, essa ai não é Amiga de verdade! Pode dispensar o relacionamento com ela. Faça passar essa fase de sua vida, esse momento de dependência emocional. Entenda de uma vez por todas que antes só, do que mal acompanhada. Ouse acreditar que você é mais forte do que a solidão e a mesma pode ser desfeita com as companhias certas pois existem mulheres que se amam como são e se apoiam mutuamente para que o corpo gordo não seja um diferencial entre o que considerar Belo ou feio, aceitável ou rejeitável. Ouse descobrir e aceitar o seu próprio valor! Compartilhe com outras gordas o que ilumina a sua alma, para que haja mais luz dentro delas.

Encontre pessoas que te apoiem a ser quem você é de fato! A vida pode ser longa ou curta, não sabemos quanto tempo temos de vida, mas você pode ter certeza de que é melhor viver cada momento desfrutando o que de melhor for possível. E existem tantas possibilidades maravilhosas! Ninguém nasceu pra viver uma vida medíocre, muito menos você! Ouse acreditar no seu potencial escondido em ti mesma, ouse cavar e encontrar o que há de precioso em ti!

Hoje acontece uma revolução no mundo, pode ser que em alguns lugares seja uma revolução silenciosa ou barulhenta, mas faça parte… Amar a si mesma é um ato revolucionário! Ouse, desfrute, viva de verdade! Faça um novo tempo começar agora em sua vida. Creia e tome uma atitude já.

#EuMeAmoGorda

Como Ficar Linda Em Menos de 1 Minuto

Não existe maquiagem que supere um sorriso sincero.

A melhor forma de ficar linda o mais rápido possível é por um sorriso no rosto. Já ouvi comentário do tipo, sobre pessoas considerada feias: “…mas fulana é tão simpática, gosto dela“. E esse tipo de coisa já aconteceu mais de 3 vezes em minha vida que nem é tão longo assim. Ou seja, a tal da simpatia, a beleza interior, falava mais alto do que a tal da beleza vista apenas com os olhos.

Bonito, feio, belo, agradável, simétrico ou não… o que os olhos enxergam é um reflexo transitório da realidade. Tudo passa, toda aparência passa e vai embora, seja ela bonita ou feia. Quem é bonita hoje, pode ser que talvez amanhã não seja considerada bonita pelos que assim a julgam. E isso também acontece com as pessoas consideradas feias. Certa vez eu estava vendo as fotos de uma pessoa conhecida e acabei comentando com toda minha ingênua sinceridade transparente: “Hoje em dia você está mais bonita do que quando era jovem.” Daí ouvi a resposta: “Hoje em dia eu sou feliz. Demorei muito tempo pra aprender a ser feliz”. Naquela ocasião descobri que ser feliz embeleza mais do que a juventude em si.

Se pararmos pra pensar, o que chamamos de beleza na verdade o que é?

Beleza é um conceito muito subjetivo – é uma verdade muito íntima e pessoal, que está dentro de cada pessoa. Já diz bem o ditado: “A beleza está nos olhos de quem vê”. É certo que para a maioria das pessoas, tudo o que tem certa medida, alcançando proximidade com o que chamamos de simetria, acaba sendo mais atrativo. Mas, ainda assim, me parece que simetria demais enjoa. Uma certa distorçãozinha seduz e acaba despertando em nós uma paixão mais próxima do que desejamos na realidade do dia a dia.

Se procurarmos, há beleza em todas as pessoas, por fora e por dentro. Se atentarmos bem, vamos perceber que todas as pessoas do jeito que são sempre atraem algum tipo de atenção ou interesse de alguém em algum lugar do mundo. Ontem, por exemplo, eu dando uma olhadinha nas estatísticas da fanpage EuGordinha fiquei surpreso de saber que depois de Portugal, o Egito é o lugar onde mais tem seguidores. Caramba, como assim?! Fui dar uma pesquisada e descobri que essa país ao norte do continente africano tem uma população masculina ávida pela BELEZA da mulher gordinha. Pronto, está explicado porque os egípcios acabam vindo parar na minha página. Geralmente a preferência dos homens do oriente médio é pela mulher mais fofa. Para eles, isso é que é beleza. Pra mim também! Hehehehe fazer o quê? Temos bom gosto! O que não invalida a beleza das mulheres magras. Todas as belezas têm espaço no mundo. Enquanto não nos convencermos disso, vamos gastar muita energia tentando defender um lado ou outro, tentando ser feliz com a aparência que temos.

O mais importante a ser dito, é que: A mulher que quiser ficar linda instantâneamente, basta por um sorriso no rosto.

A Gorda Que Se Ama é Mais Feliz

Achei um texto lindo hoje. Apareceu no meu feed do facebook e eu me surpreendi com o texto ser longo, ai fui ler. Amei e achei super válido compartilhar com o mundo. Uma das partes mais linda que eu achei é quando ela diz: “a beleza é fruto de uma certeza, fruto de um encontro íntimo seu…” Precisamos desse encontro todos os dias! Quanto mais descobrirmos quem somos e o quanto isso é belo, melhor para nossa saúde emocional, mental, física. Melhor para o mundo como um todo. Quando estamos felizes com quem somos, nos tornamos melhores seres humanos, produzimos bem o que nos dispusermos a fazer. 

“Algumas pessoas costumam dizer que eu sou narcisista, que faço muitas fotos de mim mesma..algumas chegam a dizer que “me exponho demais”..
E eu fico pensando comigo mesma…quantas pessoas se incomodam com as fotos diárias quase que em tempo real das famosas de plantão? Ahh elas são bonitas! Ok! E eu também! As pessoas se incomodam porque estão habituadas a verem pessoas gordas como eu escondidas em seus casulos, envergonhadas por terem um peso maior do que a maioria, estão acostumadas a pessoas que de tanto ouvir que não têm uma beleza adequada, acreditam na falácia e se escondem com medo de esfregar na cara da sociedade a beleza que não é só autoestima ou autoafirmação… a beleza que é fruto de uma certeza, fruto de um encontro íntimo seu… a beleza de perceber que é muito mais que um número… e essa beleza tão singular precisa ser mostrada… o belo está em mim.. o belo que os meus olhos vêem mesmo que o outro não veja, eu vi… e só isso importa. Ninguém tem a obrigação de nos amar… amar é escolha… por essa razão eu escolhi me amar… e se postar milhares de fotos é uma das inúmeras formas de evidenciar essa escolha… que assim seja! D.S. 
#plussize 

P.S.: Não citei o nome da autora pois peguei o texto dela sem permissão pra expor aqui no blog. Conforme ela me responda e permita eu edito.

Forte abraço pras amiggas! 

As fotos que usei pra fazer a montagem que ilustra o texto são da Mariana Godoy que faz uma arte linda que empodera as mulheres gordas. Confira mais do trabalho dela aqui: empoderarteme  

Qual é o Peso de Um Olhar?

FOTÓGRAFA REGISTRA OLHARES PRECONCEITUOSOS CONTRA GORDINHAS

Foto: Haley Morris-Cafiero

Bem resolvida com seus quilos a mais, a fotógrafa Haley Morris-Cafiero criou um novo projeto para mostrar que o fato de ser gordinha não é um problema para ela, mas, sim, para os outros. Como? Fotografando nas ruas as expressões daqueles que se deparam com pessoas acima do peso.

Ela batizou esse trabalho de Wait Watchers, nome como é conhecido o programa de emagrecimento “Vigilantes do Peso” em outros países. A ideia surgiu quando flagrou o olhar de repulsa de um homem enquanto trabalhava em outro projeto, em 2010.

A partir daí, resolveu registrar outras reações. Colocou a câmera em um tripé e clicou outras pessoas que olhavam para ela em situações comuns do dia a dia, como lendo um livro, falando ao telefone e comendo em público.

As imagens obtidas registram diferentes flagras, desde posturas que mostram curiosidade até aquelas que expressam nojo. Ou seja, é nítido o peso e a cobrança da sociedade sobre as pessoas obesas.

 

Da Beleza Real

Não se contente em apenas se sentir linda. SEJA LINDA! SER linda é diferente de se sentir linda ou de parecer linda. Pode ser que SER dê um tanto de trabalho, afinal de contas você vai ter de ir contra toda uma cultura (que tem mudado aos poucos, é verdade) e que diz que uma mulher gorda não é assim tão bela quanto pode pensar. Mas quem são os outros pra nos dizer o que podemos ou não pensar?

Entenda que a BELEZA não é o que todos dizem e muito menos o que poucos dizem. A beleza é o que é e está em todo lugar, mas só reconhece a beleza quem quiser. Ela está dentro de quem a vê por fora. Ou seja, o que é belo ou não vem dentro de cada um, nas preferências de cada um ou dentro do que cada um escolheu crer. Os que acreditam que BELEZA é apenas o que a maioria diz, vão ficar escravos das mudanças da moda, conforme a mídia propaga novos interesses e queiram vender novos produtos. Ai de quem se deixa escravizar e acaba tendo o seu corpo como objeto de barganha. É triste ver pessoas deprimidas por não terem um corpo objeto, digno de vitrine. A dignidade da beleza de um corpo está em sua existência saudável. Se o seu corpo está saudável, sem doença que te prejudique a qualidade de vida; se o seu corpo está bem cuidado, não está sujo nem ferido, então o seu corpo é PERFEITO. Mesmo que hajam estrias e celulites e cicatrizes de operações ou acidentes… o corpo quando funciona bem, é um corpo perfeito, pois a vida está bem guardada dentro dele. Essa é a beleza que importa a da vida fazendo o corpo funcionar.

Fabiana Karla

Não é a primeira vez que eu falo dessa atriz que consegue tirar de mim muitas risadas quando decide encarar personagens cômicos. Ultimamente na novela “Amor à Vida”, ela não deixando o lado cômico de lado também tem investido no dramático – o que não é novidade para quem pode assistir à peça “Gorda” quando a mesma esteve em cartaz.

Continuar lendo

Ser Linda

Ser Linda - EuGordinhaVocê é linda(o) do jeito que você é….
P.S.: Isso é pra você que está lendo esse texto neste exato momento!

Já parou pra pensar no quanto você é linda(o)?

Deus lhe deu uma beleza única, na qual pessoa nenhuma poderá julgar ou lhe tirar, basta parar pra refletir um pouco e você verá tudo isso. Deus lhe deu o sorriso, a capacidade de amar e o prazer de ser amada(o), lhe deu também a arte de sentir e transformar a vida de outras pessoas, apenas com um simples gesto ou uma simples frase. Você é única(o)! Nunca se deixe abater pelas opiniões, mais feias são aquelas pessoas que julgam seus olhos ao invés do brilho no seu olhar, pessoas feias são aquelas que julgam as curvas do seu rosto ao invés das expressões em sua face, são aquelas que julgam seu corpo ao invés do seu coração. Porque um sorriso verdadeiro é a curva mais perfeita do corpo de qualquer pessoa. Por mais que você seja diferente, você nunca irá deixar de ser linda(o), porque a verdadeira beleza de uma pessoa se encontra em sua essência, em seu coração e principalmente em seu caráter. Sorria, liberte-se e seja feliz, nunca deixe que as opiniões abalem sua autoestima ou lhe tirem o que você tem de mais lindo, o seu sorriso.

Beijos à todos!
Paty Mendes

Decidido – por Naianne Maciel

Ontem eu tive a grata surpresa de ler um texto muito gostoso… engraçado, percebo que estou usando essa palavra pra cada coisa que me dá gosto. A autora é Naianne Maciel e ela tem um blog, o Glacê com Limão onde tem mais delícias dessas pra quem quiser ler. Degustem à vontade…

Sapatos - EuGordinha

Decidido

Acordei e percebi ser o que sempre quis – e, aliás, sempre fui. Mas o espelho, vilão, sempre me ressaltava os defeitos. Atraia luz para os lugares errados, zombava-me toda manhã, como que cúmplice da dona da maçã envenenada. Uma afronta! Um verdadeiro absurdo…- e este foi e, para sempre será, meu último choro e murmúrio. Mesmo com meus desejos eternamente embaçados e o culote avantajado, cada passo meu atraia olhares, sorrisos – e eu, claro, em total espanto, deliciava-me em graça. Não era alface nos dentes, eu bem verifiquei. Falava firme, inteligente. Sorria frouxo. Seria apenas o batom novo? O dia passou em puro embaraço, firmando com nó e laço, minha auto-estima e confiança. De frente a uma vitrine, o reflexo. Realmente, era linda! Quantas noites por tolice não dormira… E quantas festas perdidas! Em um trato comigo mesma, olho no olho, encarei minha beleza sincera. “Nem mesmo um bad hair day terá o direito de arrancar a covinha que enfeita minhas bochechas rosadas”- cantarolei em voz alta. E, assim, declarei-me dona de um não – bronzeado-Ipanema incrível. Um gingado torto, um tanto quanto paulistano, e tão indiscutivelmente meu – a carioca da gema sem samba no pé. Declarei-me dona de cada sarda no nariz, ponta dupla e da boca carnuda. Dos cílios e seios grandes. Declaro-me pois, em completo amor por mim mesma, mimando-me com vestidos de bolinha, gloss e lingerie. E, que me desculpe a Avon, mas amar-me suavizou minha expressão como nenhum Renew o faria. Se nua, ainda assim estaria bem vestida para sair à rua, gritando minha vivacidade e, enfim, liberdade. Eu, de cara limpa e alma lavada. Eu, feliz.

Gorda

Recebi num email um depoimento interessante. A menina me pediu anonimato, mas ainda assim eu acho que essa vivência acontece com muitas… já ouvi histórias. Só quero comenta a parte na qual ela diz que estava falando mal de si mesma… Puxa, a gente pode acabar tomando uma palavra simples e colocando um peso de preconceito sobre ela… Segue o texto d leitora:

Certo dia estava conversando na internet, quando me perguntaram como eu era. 
Então o que será que respondi? Comecei a escrever:  Gordin… Então de repente parei e pensei:
Ué! por que estou escrevendo que sou GORDINHA, se eu não fosse gorda eu diria que era MAGRA e não MAGRINHA.

Quando dei por mim já estava dando Enter com a palavra GORDA aparecendo na tela. De primeiro, tive uma sensação estranha de estar falando mal de mim mesma, mas depois me senti tão livre que agora sempre que me perguntam como sou, digo: sou GORDA e já não me sinto mal por dizer isso, me sinto tão livre como nunca antes senti. Essa liberdade que sinto agora faz eu me sentir e me ver mais bonita. Olho para o meu corpo e digo como é lindo, com roupa ou sem roupa, me sinto desejável, me sinto poderosa.

Diante disso tudo me pergunto: por que vivi tanto tempo debaixo de uma ditadura que me oprimia? O que Quero agora é ser livre como eu sou, viver como eu sou, deixar morto de desejos quem me ama. Não importa se não sou desejada pelos homens em cada esquina, o importante mesmo é me fazer desejável para mim mesma e para o homem que me interessa, o homem a quem amo, isso sim vale a pena.