A Gorda Que Se Ama é Mais Feliz

Achei um texto lindo hoje. Apareceu no meu feed do facebook e eu me surpreendi com o texto ser longo, ai fui ler. Amei e achei super válido compartilhar com o mundo. Uma das partes mais linda que eu achei é quando ela diz: “a beleza é fruto de uma certeza, fruto de um encontro íntimo seu…” Precisamos desse encontro todos os dias! Quanto mais descobrirmos quem somos e o quanto isso é belo, melhor para nossa saúde emocional, mental, física. Melhor para o mundo como um todo. Quando estamos felizes com quem somos, nos tornamos melhores seres humanos, produzimos bem o que nos dispusermos a fazer. 

“Algumas pessoas costumam dizer que eu sou narcisista, que faço muitas fotos de mim mesma..algumas chegam a dizer que “me exponho demais”..
E eu fico pensando comigo mesma…quantas pessoas se incomodam com as fotos diárias quase que em tempo real das famosas de plantão? Ahh elas são bonitas! Ok! E eu também! As pessoas se incomodam porque estão habituadas a verem pessoas gordas como eu escondidas em seus casulos, envergonhadas por terem um peso maior do que a maioria, estão acostumadas a pessoas que de tanto ouvir que não têm uma beleza adequada, acreditam na falácia e se escondem com medo de esfregar na cara da sociedade a beleza que não é só autoestima ou autoafirmação… a beleza que é fruto de uma certeza, fruto de um encontro íntimo seu… a beleza de perceber que é muito mais que um número… e essa beleza tão singular precisa ser mostrada… o belo está em mim.. o belo que os meus olhos vêem mesmo que o outro não veja, eu vi… e só isso importa. Ninguém tem a obrigação de nos amar… amar é escolha… por essa razão eu escolhi me amar… e se postar milhares de fotos é uma das inúmeras formas de evidenciar essa escolha… que assim seja! D.S. 
#plussize 

P.S.: Não citei o nome da autora pois peguei o texto dela sem permissão pra expor aqui no blog. Conforme ela me responda e permita eu edito.

Forte abraço pras amiggas! 

As fotos que usei pra fazer a montagem que ilustra o texto são da Mariana Godoy que faz uma arte linda que empodera as mulheres gordas. Confira mais do trabalho dela aqui: empoderarteme  

Exercitando a Gratidão

Assim que puder, feche os olhos e ouça o som que o vento faz quando passa entre as folhas das árvores.
Experimente mover sua energia interior na direção do seu bem estar. Quer saber como? Bem simples. Separe 3 minutos do seu dia para se colocar num lugar onde não haja interrupções. Sente-se confortavelmente, ou deite-se. Se quiser fechar os olhos para se concentrar melhor e não se distrair com as coisas ao redor, tudo bem. Respire fundo até encher todo pulmão, prenda o ar por alguns segundos e solte suavemente. Agora você vai começar a agradecer pela vida que tem, pela saúde, pelas pessoas que você ama e pelos que te amam. Pode lembrar de cada pessoa especial que tem na sua vida e outras vão vindo em sua mente. Agradeça pelo que cada uma delas representa pra ti. Se pessoas que te ofenderam vierem ao seu pensamento, agradeça por elas também. Um ditado sábio diz que até os que se colocam como nossos inimigos nos ajudam a sermos mais fortes. Agradeça por todas as pessoas. Você pode mencionar mentalmente o nome de cada pessoa e agradecer por ela, por ele: “Sou grato pela vida de fulano de tal na minha vida por tal e tal motivo, pela atuação de sicrano, pelo que me fez (ou deixou de fazer) beltrano”. E por ai vai. Exercite gratidão pela pessoa que você é, pela pessoa melhor que você vai ser em breve. Agradeça pelo processo pelo qual você passou e passa para que você se torne uma pessoa melhor. Perceba como o seu coração vai se sentir durante o exercício. Se quiser fazer isso por mais de 3 minutos, você pode. Exercite a gratidão com sinceridade. Você vai estar abrindo novas portas de saúde, prosperidade, alegria e outras positividades dentro de ti. Se essa prática se repetir ao longo de 21 dias, um novo hábito poderoso vai estar sendo formado em sua vida e coisas muito boas estão já prestes a acontecer contigo. Abraço pras Amiggas!

Descobrimos a Fonte da Juventude!

A Fonte Da Juventude Chama-Se Mudança
Por Lya Luft

“Mês passado participei de um evento sobre as mulheres no mundo contemporâneo. Era um bate-papo com uma plateia composta de umas 250 mulheres de todas as raças, credos e idades. E por falar em idade, lá pelas tantas, fui questionada sobre a minha e, como não me envergonho dela, respondi.

Aí fiquei pensando: ‘pô, estou neste auditório há quase uma hora exibindo minha inteligência, e a única coisa que provocou uma reação calorosa da mulherada foi o fato de eu não aparentar a idade que tenho? Onde é que nós estamos?’

Onde, não sei, mas estamos correndo atrás de algo caquético chamado ‘juventude eterna’. Estão todos em busca da reversão do tempo.

Acho ótimo, porque decrepitude também não é meu sonho de consumo, mas cirurgias estéticas não dão conta desse assunto sozinhas.

Há um outro truque que faz com que continuemos a ser chamadas de senhoritas, mesmo em idade avançada.

A fonte da juventude chama-se mudança.

De fato, quem é escravo da repetição está condenado a virar cadáver antes da hora. A única maneira de ser idoso sem envelhecer é não se opor a novos comportamentos, é ter disposição para guinadas.

Eu pretendo morrer jovem aos 120 anos. Mudança, o que vem a ser tal coisa?

Minha mãe recentemente mudou do apartamento enorme em que morou a vida toda para um bem menorzinho. Teve que vender e doar mais da metade dos móveis e tranqueiras, que havia guardado e, mesmo tendo feito isso com certa dor, ao conquistar uma vida mais compacta e simplificada, rejuvenesceu.

Uma amiga casada há 38 anos cansou das galinhagens do marido e o mandou passear, sem temer ficar sozinha aos 65 anos. Rejuvenesceu. Uma outra cansou da pauleira urbana e trocou um baita emprego por um não tão bom, só que em Florianópolis, onde ela vai à praia sempre que tem sol. Rejuvenesceu.

Toda mudança cobra um alto preço emocional. Antes de se tomar uma decisão difícil, e durante a tomada, chora-se muito, os questionamentos são inúmeros, a vida se desestabiliza. Mas então chega o depois, a coisa feita, e aí a recompensa fica escancarada na face.

Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e é no olhar que se percebe a tal juventude eterna. Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só que continuará opaco porque não existe plástica que resgate seu brilho. Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar. Olhe-se no espelho”.

Via Portal raízes

Uma Vida Repleta do que nos Faz Bem

O que te Faz Bem?

Nossos pensamentos são uma das fontes que temos na vida de onde surgem as coisas que compõe a nossa REALIDADE. O que é REAL na sua vida, sempre vai passar pela sua mente, você sempre vai PENSAR naquilo que considera ser uma realidade.

Sendo assim, você pode ESCOLHER em qual realidade viver, na medida em que escolhe em quais ideias pensar e quais ideias dispensar. Faz sentido pra você?

Algumas ideias nas quais pensamos tem o poder de elevar nosso emocional nos dando uma energia para ficarmos motivados e agindo em prol de nossa felicidade e Bem Estar, seja físico ou mental.

Outras ideias acabam nos abatendo e nos deixando mais tristes do que o que seria o suficiente para nos fazer reconhecer que precisamos mudar para melhorar. O que acontece quando num jardim acidentalmente sua mão esbarra num espinhal e no seu dedo a dor indica que há um espinho? A gente não procura uma forma de arrancar o espinho de onde ele causa ferida e dor? Algumas pessoas mesmo sentido dor física e emocional, continuam seguindo na vida como se não estivessem com um espinho encravado em seus corações. Essas pessoas nem sabem que existe um mal prejudicando suas vidas. É como se fosse um tipo de cegueira.

Algumas pessoas mantêm um padrão de pensamento cheio de ideias que sempre a colocam pra baixo e a fazem se sentir mal consigo mesmas. E isso acontece simplesmente porque essas pessoas ainda não atentaram que podem TROCAR alguns pensamentos por outros e assim começar a trilhar um novo caminho na vida, mais excelente e mais feliz!

Faça sua escolha hoje e perceba em quais pensamentos vai permanecer caminhando e quais vai abandonar hoje mesmo, agora mesmo.

Abraço pras amiggas!

 

Cada Semente Tem Seu Fruto

Cada semente tem o seu devido fruto. Ainda que pro fruto possamos entender “resultado”, ainda que seja apenas uma planta em si, com sua folhagem, com ou sem flores tão visíveis e vistosas… enfim. Cada semente guarda dentro de si o projeto de algo por vir, se for devidamente plantada e cultivada. Algumas ideias podem ser plantadas no pensamento, cultivadas na mente ao longo de um tempo e podem dar frutos nas emoções e vontades, de modo que as nossas atitudes venham acabar espelhando por fora o que está sendo produzido dentro de quem somos. Já parou pra pensar em quais tipos de sementes andam sendo plantadas dentro de ti? Foram sementes que você mesma escolheu ou lhe deram sem perguntar por sua vontade? Quais tipos de frutos você quer estar colhendo e desfrutando? Quais frutos não quer nem mais provar o sabor e até mesmo não vê-los mais em seu interior?