Julgamento

Julgamento EuGordinh

Quando você for julgar a vida de alguém, lembre-se das vezes que foi julgado por pessoas que não sabias dos detalhes do que acontecia contigo, de como você se sentia, do que pensava, de quais eras seus medos e e esperanças.

Lembre-se sobretudo de que você não tem o direito de julgar aquilo que não conhece.

“Não julgueis para que não sejais julgados”.

Jesus, Segundo São Mateus, Capítulo 7 versículo 1

Slow Fade – Casting Crowns

Quem gosta de música de qualidade, na certa vai se apaixonar por Casting Crowns [brincadeira, se apaixonar é exagero, pois gosto musical é igual a tonalidade das cores]. É um grupo de soft rock, gospel, americano, cujas canções e letras são muito gostosas de se ouvir e refletir nas letras. Pra quem curte boa música é uma boa pedida. O video abaixo é uma amostra. Inclusive essa canção Slow Fade fez parte do filme Prova de Fogo.

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=wKEbxSo07lw%5D

Tristeza

Estar triste pode ser útil, se da tristeza nós tirarmos alguma lição do que não deve ser feito, ou do que deve ser feito pra evitarmos certas coisas. Estar triste pode ser útil. Outro dia li na Bíblia que poderíamos nos alegrar quando passássemos por situações difíceis, até mesmo que nos fizessem chorar (Tiago 1:2-5), porque em meio às dificuldades há um processo no qual nos transformamos em pessoas melhores… ou piores, se negligenciarmos as lições que temos de aprender.

Algumas vezes nos perguntamos assim: “O Que foi que eu fiz de errado pra estar acontecendo isso? Eu não mereço”. Nem sempre é questão de merecimento. Se a gente pegar a vida de Jesus, por exemplo, Ele não merecia ter sofrido o que sofreu e no entanto… Ele tirou uma lição daquilo tudo. Perdoar quem nos feriu é um exemplo de lição qual precisamos aprender. Durante a vida muitas pessoas vão nos entristecer com atitudes, palavras, e outras coisas do gênero. Serão vários NÍVEIS de decepção e sofrimento, pra que venhamos a nos aperfeiçoar nos vários níveis de perdão e amor… Teremos de aprender a nos perdoar quando cometemos erros. Somos imperfeitos, precisamos nos auto-perdoar também. Puxa vida, precisamos aprender tantas coisas. Curtir certas tristezas também pode ser útil. O luto é saudável, mas não deve ultrapassar certo tempo. A tristeza profunda, a depressão deve ser identificada e logo desarraigada pra que não sufoque a nossa vida.

Fica a Dica, quando a tristeza vier, se pergunte: O que eu tenho de aprender com esse momento? Preste atenção na resposta que vai surgir. Será muito útil!

Nick Vujicic – História de Superação

Achei que a história desse rapaz merece um post a parte. Segue uma palestra dele:

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=bDfLRwizK8Q&feature=related%5D

Conheça a história do Australiano Nick Vujicic. Um deficiente físico que superou todos os obstáculos para tornar-se um dos maiores testemunhos do amor de Deus. Diante de todas as adversidades, acreditou no seu poder e mudou a sua história. Seu nome é Nick Vujicic e ele agradece a Deus por ser usado como testemunho para tocar milhares de corações ao redor do mundo.

Cristão fervoroso, Vujicic, que sofre de focomelia, criou a fundação Life Without Limbs (Vida sem Membros, em tradução literal) e já visitou cerca de 20 países em palestras de motivação e pregando o evangelho para empresários, estudantes, presidiários, crianças e deficientes físicos.

Ele conta que teve uma infância difícil, ao perceber que, embora se sentisse normal, não era visto assim. Segundo Vujicic, ainda criança ele cogitou o suicídio, mas encontrou conforto em Deus.

Aos 26 anos, com apenas um metro de altura, Nick Vujicic afirma levar uma vida independente. É capaz de se vestir, se pentear, aliviar as suas necessidades e até se barbear sem o auxílio de terceiros.

Em casa, ele costuma pular para se locomover e usa uma cadeira de rodas quando sai às ruas.


Fonte:Youtube e pulpitovirtual.com

Deficiências Humanas

A pior de todas as deficiências humanas é o preconceito. E como seres humanos imperfeitos que somos, todos temos preconceito em um grau menor ou maior. Achei essa foto linda, no sentido de mostrar o quanto a vida pode ser vivida sem se limitar às regras convencionais. Quem diria que um amor assim daria certo? Na verdade só os envolvidos é que podem dizer com certeza o quanto há de amor. Mas pra nós que estamos de fora, fica a impressão de que vale a pena viver a vida.

P.S.: E tantos de nós reclamam a falta de um amor de verdade. O que nos falta? Atitudes? Quais?

‎Dona Ligeirinha citou no facebook:

“Deficiente” é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.”

Sobre o moço da foto…

Conheça a história de Nick Vujicic. Um deficiente físico que superou todos os obstáculos para tornar-se um dos maiores testemunhos do amor de Deus. Diante de todas as adversidades, acreditou no seu poder e mudou a sua história! (fonte:Youtube)

[youtube: http://www.youtube.com/watch?v=O-bPWzl0khY&feature=related%5D