Do Senso de Humor e do RISO

Se tem algo que eu gosto de fazer é rir. Às vezes dá mesmo pra rir de uns problemas que acontecem. É claro, quando eu lembro que já passei por outros e consegui resolvê-los. Já li até mesmo na Bíblia que Deus ri. Se nós que somos meros mortais conseguimos essa proeza, quanto mais Ele que é um ser eterno. Acho que Deus deve dar muitas risadas de uma porção de coisas que fazemos por aqui… Mas longe de querer imaginar o que Deus sente, achei interessante um artigo falando que os animais também têm senso de humor.

PsicoBiologia – ciência interessante

MACACOS RINDO EuGordinha Blog

O ato de sorrir surgiu num ancestral comum a homens e macacos

Rir não é uma característica unicamente humana. Pesquisadores que se dedicaram a fazer cócegas em 25 jovens primatas – entre eles três bebês humanos – e a gravar o som produzido por todos eles comprovaram que dar risadas é um traço comum a todos os grandes primatas. Isso significa que o gesto surgiu de 10 milhões a 16 milhões de anos atrás, num ancestral comum. A descoberta abre novos caminhos para o estudo da empatia e sua importância entre animais que vivem em grupo.

Há muito tempo, os especialistas que trabalham com macacos já apontavam que muitos dos comportamentos sociais humanos teriam como base sua linhagem primata. Por outro lado, alguns especialistas argumentam que o sorriso humano poderia ter uma origem diversa da de outros primatas porque seu som é diferente.

Mas as novas experiências – as primeiras a estudarem todos os grandes macacos e o homem – revelaram um padrão sonoro comum, compartilhado por todos eles, como aponta Marina Davila Ross, primatologista da Universidade de Portsmouth, no Reino Unido. O grupo obteve 800 registros acústicos e conseguiu analisar cientificamente suas similaridades e diferenças

Via Psicobio-uel.blogspot.com.br

 

Ciúmes

Legal, um assunto que deu o que falar. Como é que o homem burro faz a namorada sentir ciúmes? Tem meninas que já vem com o botão CIÚME acionado desde a fábrica. Às vezes a falta de confiança nelas mesmas, as faz se sentirem inseguras, então qualquer sombra pode parecer uma ameaça. Não estou falando dos cafajestes que dão motivos pra suas namoradas ficarem desconfiadas das suas atitudes suspeitas. Falo das meninas que ainda não confiam no seu taco – como se diz. Auto Confiança – isso é bom, mas não se compra no shopping ou no mercadinho da esquina. Deve ser desenvolvida. Como o ciúme não dá na porta, mas no coração humano, há de se ter o cuidado quando a gente percebe que está gostando de alguém. Há dentro de nós um sentimento de posse – queremos ter coisas, geralmente coisas das quais precisamos pra viver. Mas coisas são coisas e em alguns momentos tratamos as pessoas como se fossem coisas.  Passamos a ter ciumes de pessoas, como se as tais fossem nossas posses. Precisamos entender que não somos objetos – não demos nos expor como produtos a serem adquiridos por certo preço, nem devemos querer que as pessoas sejam nossos objetos. Porque no final alguém sempre vai sofrer com isso.

O ciúme acha que o outro é dele, e o quer sob domínio. Mas o outro só pode ser MEU se ele quiser isso. Enquanto ele quiser eu tenho a sua presença e posso desfrutar sua companhia…