Romantismo & Realidades

Porque será que quando estamos apaixonados, nossos olhos brilham? Achei lindo o que eu compartilho abaixo. Se os homens aprenderem um pouco mais… mal sabem eles o que será de suas vidas!

Ela: Posso te confessar uma coisa?
Ele: Lógico!
Ela: O seu sorriso é o mais lindo e sincero do mundo.
Ele: Posso eu te confessar uma coisa agora?
Ela: Pode!
Ele: Esse sorriso só existe quando eu olho pra você.

Onde estão as Rainhas desse Mundo?

Achei uma frase boa no Facebook, falando sobre princesas e rainhas. Algo que pode parecer um tanto utópico se pararmos pra olhar apenas o lado negativo do mundo. Mas focando nos pequenos exemplos, os casos de sucesso, há de se querer mais rainhas por ai, pelo mundo afora. Eu acho que tem poucas mulheres sendo tratadas como rainhas, logo elas não conseguem ensinar seus filhos como fazer pra amar uma mulher da maneira mais adequada. Na escola não se ensina esse tipo de coisas, apenas algumas professoras heroínas, as que erguem a voz em meio as ondas contrárias… Chega me dar saudades dos tempos de antigamente, onde as boas maneiras não eram clichê de filme romântico. Dá vontade de inventar um mundinho à parte, onde as delicadezas sejam só nossas e dane-se a maldade que há no mundo… mas até esse dane-se de rebeldia seria um estar de acordo com tudo o mais que está errado. Melhor mesmo é  não ser tão saudosista e incentivar que surjam mais rainhas entre as mães ao meu alcance. Portanto, mamãe de plantão, leitoras, amigas, cuidem de seus pequenos grandes homens de daqui a pouco. Cuidem também de suas princesas, lhes passando não a fórmula do homem perfeito, o príncipe encantado das histórias de contos de fadas, mas do homem real, que por seus sinais vão demonstrar o que fazer de bom com uma menina, mulher, amada… Não quero nunca ser utópica, porque isso me faz pensar em irrealismo, mas cultivo uma realidade que nos transforme mesmo que aos poucos, por mais contraditória que seja em relação à maioria mas mentalidades vigentes.

P.S.: Post dedicado à amiga Sarah Magalhães. Beijos.

Homens…. affff

Gosto muito das tiradas da Cris. Ou ela as encontra, ou as diz mesmo em meio as nossas conversas, momentos de descontração… Eu poderia montar uma série com as que ela põe no facebook. Se ela montasse um show de comédia stand up eu ia… apertaria o curtir e cutucaria todo mundo pra ver.

palavras ferem...

HOMENS

lembrem-se:

• Quando você gritar com sua mulher, há um outro homem que a deseja para sussurrar baixinho em seu ouvido.
• Enquanto você humilha, ofende e insulta, há um homem lembrando-lhe o quão maravilhosa que ela é.
• Enquanto você a machuca, há um homem pensando que poderia fazer amor com ela.
• Enquanto você a faz chorar, há um homem roubando sorrisos dela…

Don Juan de Marco (Filme)

Don Juan de Marco EuGordinha
Romantismo à perder de vista…

Quem não gosta de um filmezinho romântico de vez em quando? Pergunto às meninas, se bem que alguns rapazes também gostam de romantismo, quando entendem que suas namoradas ficam muito mais receptivas aos seus carinhos e afetos quando os mesmos acontecem recheados de um clima doce e gostoso.

Bem, puxando pela memória, lembrei de um filme de 1995 onde o ator Johnny Deep (lindíssimo segundo opinião de umas amigas minhas na época) faz o personagem de um jovem que diz ser Don Juan, e Marlon Brando, como o psiquiatra que tenta ajudar o jovem a sair de sua triste situação de paixonite aguda, mas ele mesmo é quem acaba sendo ajudado tomando um gosto maior pela vida.

Só pra relembrar ou despertar a curiosidade, deixei esse trecho do filme pra ver…

Eu Te Amo

“Não precisa dizer que me ama. Eu sei disso se for verdade mesmo… Vai transpirar em tua pele e eu vou pressentir nos ferômonios, assim como certos animais pressentem o medo ou a raiva. Se for verdade que você me ama eu vou saber mesmo que você não me diga, porque vou ver nos seus olhos um brilho furtivo e tua preocupação comigo vai me aplacar a necessidade que tenho de saber se está tudo bem comigo… teus olhos terão o brilho sincero de um espelho limpo sobre meu corpo e minha alma. Será tão simples o teu amor como uma sombra em dia quente e um gole d’água na sede. Prezo muito o teu silêncio, portanto me poupe de suas palavras. Continue me amando assim tão pulsantemente, eu vivendo o teu sangue correndo em mim por dentro. Não preciso pensar muito em ti, pra que dês sinal de vida. Pra mim isso vale mais do que qualquer eu te amo dito assim em qualquer idioma que seja. Seja você simplesmente e eu sei que na tua essência há uma amor por mim. Isso me basta.” (L. Ladislau)

À Favor do Conteúdo

Ovos - Conteúdo - EuGordinhaQuem já teve a surpresa de pegar um ovo e perceber antes mesmo de abri-lo que o mesmo está vazio? Qual a utilidade de um ovo vazio? No máximo, sua utilidade será meramente decorativa. A essência do ovo é a clara e a gema, sem desprezar a casca, é claro.

Eu comecei pelo ovo para adentrar no conteúdo humano. Tenho uma irmã que reclama com freqüência, e com razão, de que os homens ultimamente estão SEM CONTEÚDO. Imaginei ovos vazios andando por ai. Não que os homens todos estejam TODOS vazios. Seria burrice minha dizer isso. Até porque, os ovos vazios podem ter ar dentro deles. Agora, que tem acontecido com freqüência assombrosa de eu ouvir a mesma coisa, sim, isso tem acontecido:” O carinha vem sempre com os mesmos assuntos, as mesmas perguntas dos outros carinhas!!!” Ouça as meninas reclamando. Parece que está havendo um esvaziamento mental dos sujeitos homens. Isso tem irritado muitas meninas que se dão ao valor de não sair ficando com qualquer um… Não estou chamando os homens vazios de “quaisquer uns” – estou dizendo que eles estão se colocando nessa situação. Já me disseram que também tem muitas meninas vazias por ai e por causa disso os homens não tem tido estímulo de se encher de algum conteúdo. Mas, calma ai, parece epidemia. Se fosse apenas na Balada, nas famigeradas salas-de-bate-papo, nos bares da vida… locais assim mais corriqueiros, onde se tem mais chances de você encontrar com um cara que está só afim de curtição mesmo… mas não, está acontecendo em lugares onde a gente tem um pouco mais de tempo extra pra desenvolver um relacionamento: faculdade, clube, aquele amigo do seu irmão que passa algumas horas na sua casa pra resolver alguma coisa e tal… aquele amigo do seu primo que veio com ele na cidade fazer não sei o quê, e olho pra você e você pensou que ele ia vir com alguma surpressa. Depois do primeiro olhar, do arrepio na espinha, uma troca de palavras e… poucas idéias interessantes. Eu acho que não estou falando apenas com as meninas ditas “intelectuais”, né mesmo? Estou falando com meninas comuns, que gostam de conversar de tudo um pouco, sobre assuntos diversos, e que não estejam interessadas em apenas ter por perto um carinha que após a quinta perguntinha básica, já queira saber se estou disponível pra um beijinho… isso é muito baixo. Cadê a sedução, a conquista, o investimento de tempo e inteligência? Os carinhas por ai estão precisando aprender muitas coisas… será que vamos ter de ficar esperando que eles envelheçam pra amadurecer um pouco? Se bem que tem alguns homens que também envelheceram e não amadureceram nada. Ai ai,  sessão desabafo por aqui… que alguém nos ouça e de algum modo contribua pra mudança de situação.

Estre Aspas – Amar é…

Thayla Villas do blog MeDeixaEstar compartilhou comigo uma reflexão bem boinha, como diz minha irmã.

“A primeira lição está dada: o amor é onipresente. Agora a segunda: mas é imprevisível. Jamais espere ouvir “eu te amo” num jantar à luz de velas, no dia dos namorados. Ou receber flores logo após a primeira transa. O amor odeia clichês. Você vai ouvir “eu te amo” numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza. Idealizar é sofrer. Amar é surpreender.” (anônimo)

Quando a gente tem muitas expectativas em relação ao sentimento dos outros por nós, as emoções que podem surgir e tal, quando as mesmas não acontecem como esperávamos, a dor é tremenda. Nosso egoísmo quer que tudo aconteça do jeito que a gente quer. rsrs Mas o mundo não funciona assim – por mais que esteja lotado de coisas ruins. A gente sempre tem uma escolha e a nossa melhor escolha é o domínio-próprio. Cuida bem dos relacionamentos, quem primeiro cuida de si mesmo antes de cuidar do outro. Regrinha básica de sobrevivência emocional. Tenho aprendido muito na base dos erros e acertos. Mas também, tenho aprendido bastante ouvindo e vendo as experiências alheias…