Cesar Menotti & Fabiano

Gordinhos lindos e fofinhos! Me pediram pra por aqui no blog. Como está dentro do tema rsrs lembrei dessa dupla que canta canções de amor no estilo sertanejo pop rsrs. César Menotti e Fabiano.

Pra quem não os conhece, César Menotti e Fabiano é uma dupla de música sertaneja brasileira. Inicialmente existia a dupla de irmãos Fábio e Fabiano. Posteriormente Fabiano se juntou a César Menotti, mantendo a parceria até hoje.

César Menotti

Fabiano

Segue uma entrevista dos dois para Marília Gabriela:

Parte 1

Parte 3

Parte 4

E um pouco da música deles…

Caso por acaso
César Menotti e Fabiano

Eu não quero mais um caso por acaso
Eu não quero mais viver uma ilusão
Quero um amor de verdade
A minha cara metade
Quero alguém pra me acordar
E me chamar de meu amor

Eu não quero uma paixão sem compromisso
Eu não quero ter alguém só por prazer
Quero alguém para estar ao meu lado
De aliança e papel passado
Quero alguém pra me acordar
E me chamar de meu amor
Quero um amor!!

Quero alguém pra me abraçar
E andar comigo por aí
Alguém pra me fazer sorrir
Que faça dos seus braços meu abrigo
Quero alguém para acabar com este vazio que me consome
Pra dar ao meu amor meu sobrenome
Quero alguém pra se casar comigo

 

Máscaras

Certas canções nos levam a uma reflexão boa sobre a vida. Já me disseram que ser quem somos pode ser perigoso. Mas ainda assim é mais proveitoso. Porque sem saber quem somos podemos ser o que os outros dizem que somos. E nem sempre o que dizem é a verdade.


Máscara
Pitty

Diga, quem você é me diga
Me fale sobre a sua estrada
Me conte sobre a sua vida

Tira, a máscara que cobre o seu rosto
Se mostre e eu descubro se eu gosto
Do seu verdadeiro, jeito de ser

Ninguém merece ser só mais um bonitinho
Nem transparecer, consciente, inconsequente
Sem se preocupar em ser adulto ou criança
O importante é ser você

Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja

Tira, a máscara que cobre o seu rosto
Se mostre e eu descubro se eu gosto
Do seu verdadeiro, jeito de ser

Ninguém merece ser só mais um bonitinho
Nem transparecer, consciente, inconsequente
Sem se preocupar em ser adulto ou criança
O importante é ser você

Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja…

O meu cabelo não é igual
A sua roupa não é igual
Ao meu tamanho, não é igual
Ao seu caráter, não é igual
Não é igual, não é igual, não é igual

I had enough of it
But I don’t care
I had enough of it
But I don’t care

I had enough of it
But I don’t care
I had enough of it
But I don’t care

Diga quem você é, me diga
Me fale sobre a sua estrada
Me conte sobre a sua vida
E o importante é ser você

Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você

Tutorial de Maquiagem

Curte maquiagem extrema? Maquiagem extrema é como eu chamo os modos de alterar tão drasticamente as feições do rosto que a pessoa se torna irreconhecível do normal. Tem quem goste… Segue um vídeo com um exemplo quase bizarro de transformação. Quem conseguir chegar até os 4min 18seg vai entender bem do que estou falando.

Abaixo uma amostra…

Guerra

“…tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.”(Eclesiastes 3:8)

Bate Pesadão

Pregador Luo

Bate pesadão, ba-bate pesadão
Bate pesadão e fa-faz ficar no chão
Bate pesadão, ba-bate pesadão
Bate pesadão, manda o inimigo para o chão [2x]

Bate pesadão e faz que nem Sansão,
Vai na força do Deus vivo e desce a mão
Só que o soldado eficiente não vacila,
Não cai duas vezes no xaveco da Dalila
Puxa o ar, puxa o ar, puxa o gás, vai respira
Essa guerra é longa e não acabou ainda
Briga brigador que nem prega o pregador
Mas briga com amor, põe paixão na peleja
Pra que todo mundo veja o guerreiro que ‘cê é
Que nem Rocky Balboa toma soco e ainda fica em pé
Sangre pelos olhos, sangre pelo nariz,
Mas não deixe escapar a chance de ser feliz
Não é o que ‘cê quis, o que sonhou a vida inteira?
Então vou mandar pro chão e me enrolar na bandeira
Derrotado dessa briga pode crer que eu não saio,
O troféu é meu, pois o campeão sou eu

Bate pesadão, ba-bate pesadão
Bate pesadão e fa-faz ficar no chão
Bate pesadão, ba-bate pesadão
Bate pesadão, manda o inimigo para o chão [2x]

Desce a mão vai desce, desce a mão; vai [4x]

Monstrão, monstrão, vamo’ lá quero ver
Bota pra dormir, prova que o “Mister Muita Treta” é você
Leão no meio dos lobos
Louco dos loucos que troca idéia com o Santo dos santos
Que semeiam com pranto só que aqui
Não da nada na hora de colher, a gente colhe dando risada
Ninguém me pega, tô ligeiro não paro nos cantos
Dum lado pro outro, direita, esquerda 1-2, 1-2
Zig-Zag, Zig-Zag esquiva e sai
Zig-Zag, Zig-Zag esquiva e sai
Navalha é cega, aqui não corta nada
Eu vim preparado pra guerra de fuzil e granada(nada,nada,nada)
A direita é uma bomba, na esquerda uma tonelada
Onde explodir minha ira, pode crer não vai sobrar mais nada
Bateria de míssil não vai adiantar,
Pois eu sou daqueles que não da pra rastrear
Uma vez que disparou não da pra segurar
Martela, martela [Martelão]
Vou botar pressão
Que nem trovão
Que sacode a terra mais uma geração
Bato pesadão, faço ficar no chão

Bate pesadão, ba-bate pesadão
Bate pesadão e fa-faz ficar no chão
Bate pesadão, ba-bate pesadão
Bate pesadão, manda o inimigo para o chão [2x]

Sou brigador das ruas, brigador dos ringues
Sou soldado de elite não me subestime
Brigador no tatame,
Brigo na faculdade quando faço exame
Brigo pra me graduar
Pra me profissionalizar
Brigo com demônios
Brigo com o diabo
Brigo comigo mesmo quando de Deus eu me afasto
Brigo com as lajes que tenho que bater
Brigo pelas barrigas que tenho que encher
Luto por um sonho que não vou deixar morrer
Luto pela paz real que eu quero conhecer
Por isso brigo com o inimigo que tenho que derrotar
A guerra é só uma ponte que me atravessa para a margem de lá
Os soldados de elite é que são condecorados
Os valentes corajosos é que são lembrados
Quem não tem pegada nunca nem é citado
Se o nome não ficar escrito então é apagado

Vai
Não tem vez pros fracos, não tem vez pros fracos
No mundão cruel não tem vez pros fracos
Não tem vez pros fracos, não tem vez pros fracos
No mundão cruel não tem vez pros fracos

Bate pesadão, ba-bate pesadão
Bate pesadão e fa-faz ficar no chão
Bate pesadão, ba-bate pesadão
Bate pesadão, manda o inimigo para o chão [2x]

Música de Guerra

Pregador Luo

No meio da Guerra nasce mais um leão,
No meio de bomba de tiro e de ladrão,
Ele tem que defender seu nome e sua vida,
Ele tem que defender sua bandeira e sua família,

O Soldado quer a glória,
O soldado que ser herói,
O soldado quer vitória,
E no final ele quer paz,

Só quem dita paz
É tempo mal o tempo todo,
Proteja seu espírito, proteja o seu corpo,
Proteja seu rosto, proteja seu pescoço,

Do outro lado da linha,
Tem alguém com você na mira, quer cortar sua
Cabeça com uma guilhotina,
Então proteja sua vida, seja um cão de briga!!!

Guerra, Guerra no final eu chego vivo,
Guerra, Guerra o meu Deus está comigo,
Musica de Guerra,
Por isso eu fico firme, pois Guerra é Guerra,

O ser Humano sempre esteve em Guerra,
Varias delas acabam em Guerra,
Varias delas começaram com Guerras,
Quantos Impérios ruíram por causa das Guerras,

Quantos Reis perderam seus tronos por causa dela,
Mesmo assim não desista de orar pela paz na terra,
Só que hoje é o dia da sua Guerra,
Todo dia da sua vida será sempre uma Guerra,

Não deixe que nada ameace sua existência,
Trace sua estratégia com competência,
Pois, quem não sangrou por aqui,
Pode crer que um dia também vai sangrar, porque

Guerra, Guerra no final eu chego vivo,
Guerra, Guerra o meu deus está comigo,
Musica de Guerra,
Por isso eu fico firme, pois Guerra é Guerra

Se você acha que o tormento acabou, (não)
Pelo contrario ele apenas começou, (irmão)
No meio dessa treta eu sou mais eu,
Fizeram Guerra até com o Santo, Rei dos Judeus,

O homem que não morreu,
Aqui desceu cumpriu com a profecia,
A alegria do senhor e minha força,
E é de lá que eu tiro energia para lutar,

Guerreiro você não pode parar,
Se não tomam o seu lugar,
Nesse mundo querem tomar tudo o que é seu,
Você está no coliseu lutando com as feras, Elimine
Todas elas,
Trave suas batalhas,
E vença a sua Guerra,

Guerra, Guerra no final eu chego vivo,
Guerra, Guerra o meu deus está comigo,
Musica de Guerra,
Por isso eu fico firme, pois Guerra é Guerra…

Vai explodir

Pregador Luo

Louco, louco, Pregador Luo, louco, muito louco, o bagulho tá louco, louco, louco….
O bagulho tá louco

Vai explodir
Vai explodir
A vida tá louca compadre e o bagulho vai explodir

São Paulo, vish é muita treta. Rio é chapa quente
Jesus tem que voltar pra buscar a sua gente
senão

Vai explodir
Vai explodir
A vida tá louca compadre e o bagulho vai explodir
[2X]

E o pavio já tá no fim, a bomba tá pra estourar
Até quem tem nervo de aço também vai se arrebentar
Porque o bicho ta pegando e o cão quer dominar
Ele põe outros irmão nas ruas pra te sequestrar
Pra sair da loucura do cativero tem que pagar
Ou então vai pro mim que a onda é se desintegrar.
Milícia quer pedágio
Polícia quer pedágio
O sistema tá falido
Ele tá fragilizado
O governo casca de ovo não faz nada pelo povo
Que se esfarela nas ruas e se esconde do pitocos
Traçante cortam morro da favela pra favela
Tá tipo GTA na vermelha e na amarela
Marginal tem cheiro forte, castiga o motorista
Quem tá na pista tem que ter muita perícia
Bebum no volante, mata e foge do flagrante
Motoqueiro foi fechado, tá todo arrebentado
Agora para tudo, o trânsito ficou travado
50 motoboy, tudo com sangue no zói
Carro velho e o caminhão, liberando só gás toxico.
É parceiro, o bagulho tá neurótico, e vai …

Vai explodir
Vai explodir
A vida tá louca compadre e o bagulho vai explodir

São Paulo, vish é muita treta. Rio é chapa quente
Jesus tem que voltar pra buscar a sua gente
senão

Vai explodir
Vai explodir
A vida tá louca compadre e o bagulho vai explodir
[2X]

Rua esburacada, mal iluminada
Escola abandonada e a cracolândia tá lotada
Todo mundo tá psico, todo mundo tá refém
A cadeia abarroto e já não cabe mais ninguém
O país fecha os olhos, finge que não viu
Pilantagem e só maldade e prostituição infantil
Tá sinistro, tá caótico. Insano, tá medonho
Até os fio de cobre os vagabundo tão roubando
Assalto é de montão, toda hora a gente tem
Os muleques no razante não perdoam mais nunguém
Invadem as cachangas, dominam os ciplex
Hebe perdeu as jóias e o Hulck o Rolex
Problema de montão e quebreu o caldeirão
Periferia e subúrbio sofre com enxente
Corrupção em massa, massacrando nossa gente
Aposentado sem remédio, sem hospital descente
País tropical contaminado com a dengue
Nego tá cruel, atitude de cruel
Mas, o Senhor é justo e a Isabela tá no céu.

O que tá faltando?
Tá faltando amor
O que a gente precisa?
Precisa de cuidado
Tem que por de lado o ódio e a raiva
Jesus tem que voltar senão , nós tá tudo ferrado
O Brasil pede socorro de ponta-a-ponta
Geral tá no sufoco com a corda no pescoço
Vamos reagir, tem que reagir
Bota pressão nos seus punhos e vamos, vamos reagir senão …

Vai explodir
Vai explodir
A vida tá louca compadre e o bagulho vai explodir

São Paulo, vish é muita treta. Rio é chapa quente
Jesus tem que voltar pra buscar a sua gente
senão

Vai explodir
Vai explodir
A vida tá louca compadre e o bagulho vai explodir
[2X]

Louco…

O bagulho tá louco

Nina Simone – Diva Poderosa

 

Dando continuidade à Série Grandes Mulheres, hoje quero falar da Diva Nina Simone. Ela que tinha um talento esplêndido, uma voz poderosa, uma interpretação fascinante, não se destacou apenas como musicista, compondo e tocando piano tão perfeitamente. Ela não se calou diante do preconceito contra os negros nos Estados Unidos. Ela fez questão de cantar no funeral do Sr.Martin Luther King.

Segue um belo artigo publicado no site do AfroReggae sobre a poderosa Nina:

As portas fechadas e as feridas abertas esculpiram uma diva, o desejo de se tornar uma pianista clássica não foi concretizado, mas Eunice Kathleen Waymon, que mais tarde adotaria o nome artístico Nina Simone, se tornou uma lenda do jazz. Nascida em 1933,  a jovem da Carolina do Norte gravou seu nome como uma das personalidades femininas mais intensas do cenário musical.

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=TI8F6DbB2cE%5D

Com mais de 500 músicas gravadas,  desde cedo o piano foi companheiro de Nina Simone, ela costumava se apresentar na igreja que frequentava e em recitais em sua cidade. Num piscar de olhos, a aptidão de Nina cativou a família e amigos, logo ela começou a se dedicar a música clássica e alimentar o sonho de se tornar uma concertista. No entanto, com de 17 anos, a musa do jazz recebeu um duro golpe ao não conseguir ingressar no Curtis Institute of music, um dos conservatórios de músicas mais respeitados do mundo. O gosto da derrota se tornou mais amargo para Nina Simone quando ela descobriu que não foi aceita por ser negra.

“A recusa do Curtis Institute of music” foi o combustível para a já explosiva personalidade de Nina Simone. Dona de uma sonoridade particular, suas composições misturam música clássica, jazz e elementos populares. Vivendo em um período em que o racismo era muito forte nos Estados Unidos, Nina Simone foi da miséria ao luxo em sua carreira, no início de sua trajetória foi obrigada a começar a cantar para conseguir alguns trocados.

Em 1958, com o lançamento de Little Girl Blue,  seu 1º álbum, Nina Simone conheceu o sucesso comercial. As décadas de 1960 e 1970 foram os anos mais bem sucedidos da artista. Mas a estabilidade nunca foi uma constante, a compositora que dava voz à letras contra o racismo e desigualdade, estava quase sempre em conflito com suas gravadoras, basicamente porque não aceitava interferências em seu processo criativo. Mesmo em constante litígio com a indústria fonográfica, Nina Simone gravou mais de 50 álbuns. Em 2003, quando estava prestes a completar 70 anos, a musa do jazz faleceu.

Saiba mais:
Site oficial 
Estadão: biografia conta a história de Nina Simone 
jazz.com