Exercitando a Gratidão

Assim que puder, feche os olhos e ouça o som que o vento faz quando passa entre as folhas das árvores.
Experimente mover sua energia interior na direção do seu bem estar. Quer saber como? Bem simples. Separe 3 minutos do seu dia para se colocar num lugar onde não haja interrupções. Sente-se confortavelmente, ou deite-se. Se quiser fechar os olhos para se concentrar melhor e não se distrair com as coisas ao redor, tudo bem. Respire fundo até encher todo pulmão, prenda o ar por alguns segundos e solte suavemente. Agora você vai começar a agradecer pela vida que tem, pela saúde, pelas pessoas que você ama e pelos que te amam. Pode lembrar de cada pessoa especial que tem na sua vida e outras vão vindo em sua mente. Agradeça pelo que cada uma delas representa pra ti. Se pessoas que te ofenderam vierem ao seu pensamento, agradeça por elas também. Um ditado sábio diz que até os que se colocam como nossos inimigos nos ajudam a sermos mais fortes. Agradeça por todas as pessoas. Você pode mencionar mentalmente o nome de cada pessoa e agradecer por ela, por ele: “Sou grato pela vida de fulano de tal na minha vida por tal e tal motivo, pela atuação de sicrano, pelo que me fez (ou deixou de fazer) beltrano”. E por ai vai. Exercite gratidão pela pessoa que você é, pela pessoa melhor que você vai ser em breve. Agradeça pelo processo pelo qual você passou e passa para que você se torne uma pessoa melhor. Perceba como o seu coração vai se sentir durante o exercício. Se quiser fazer isso por mais de 3 minutos, você pode. Exercite a gratidão com sinceridade. Você vai estar abrindo novas portas de saúde, prosperidade, alegria e outras positividades dentro de ti. Se essa prática se repetir ao longo de 21 dias, um novo hábito poderoso vai estar sendo formado em sua vida e coisas muito boas estão já prestes a acontecer contigo. Abraço pras Amiggas!

Da Beleza Real

Não se contente em apenas se sentir linda. SEJA LINDA! SER linda é diferente de se sentir linda ou de parecer linda. Pode ser que SER dê um tanto de trabalho, afinal de contas você vai ter de ir contra toda uma cultura (que tem mudado aos poucos, é verdade) e que diz que uma mulher gorda não é assim tão bela quanto pode pensar. Mas quem são os outros pra nos dizer o que podemos ou não pensar?

Entenda que a BELEZA não é o que todos dizem e muito menos o que poucos dizem. A beleza é o que é e está em todo lugar, mas só reconhece a beleza quem quiser. Ela está dentro de quem a vê por fora. Ou seja, o que é belo ou não vem dentro de cada um, nas preferências de cada um ou dentro do que cada um escolheu crer. Os que acreditam que BELEZA é apenas o que a maioria diz, vão ficar escravos das mudanças da moda, conforme a mídia propaga novos interesses e queiram vender novos produtos. Ai de quem se deixa escravizar e acaba tendo o seu corpo como objeto de barganha. É triste ver pessoas deprimidas por não terem um corpo objeto, digno de vitrine. A dignidade da beleza de um corpo está em sua existência saudável. Se o seu corpo está saudável, sem doença que te prejudique a qualidade de vida; se o seu corpo está bem cuidado, não está sujo nem ferido, então o seu corpo é PERFEITO. Mesmo que hajam estrias e celulites e cicatrizes de operações ou acidentes… o corpo quando funciona bem, é um corpo perfeito, pois a vida está bem guardada dentro dele. Essa é a beleza que importa a da vida fazendo o corpo funcionar.

Como Responder a Uma Ofensa À Altura

Achei bacana esse texto da Keka Demétrio e portanto resolvi compartilhar:

Blogueira Plus Size recebe mensagens ofensivas e responde com ensaio sensual

Slide Site - Foto Divulga+º+úo

O que a maioria das pessoas faz quando se vê diante da possibilidade de ditar regras na vida das outras sem serem vistas ou importunadas por isso? Elas ditam. E mais, tomam gosto por se acharem donas da verdade e começam a se sentir deuses, a comandar a vida alheia. Isso acontece muito no mundo virtual, ambiente em que muitos indivíduos se deleitam ao se esconder atrás de uma tela para brincar de “sabe tudo” e provocar discórdia, manipular e determinar até que tipo de pessoa as outras devem amar.

Pois é, imagina se pudéssemos escolher de verdade a quem amamos. A ciência explica a nossa preferência por determinados tipos de homens ou mulheres, mas ninguém pode prever a que horas a paixão vai tomar conta e, principalmente, por quem. Eu gostava de morenos e casei com um homem claro. Prefiro homens mais velhos e já namorei mais novos.

Mas como disse Renato Russo na canção Eduardo e Mônica: “Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração?”. Sim, os hipócritas de plantão irão dizer… e julgar! Prova disso é o que aconteceu recentemente com a blogueira Renata Poskus, após fazer um texto no Blog Mulherão (www.blogmulherao.com.br) dizendo que, apesar de gorda, se sentia atraída por homens magros e defendendo que todos são livres para amar pessoas diferentes, recebeu milhares de ofensas e ameaças por expor sua preferência.

No texto, a blogueira deixa claro que as pessoas gordas não precisam apenas amar gordos, assim como brancos não são obrigados a amar apenas outras pessoas brancas. “Quis ressaltar que existe, sim, o amor na diversidade de idade, cores e corpos. Foi quando recebi dezenas de ofensas de homens inconformados. No meu texto, embora tenha dito que nunca namorei um homem gordo, não proferi ofensas. Outra colega do Blog Mulherão, por exemplo, fez um texto falando do seu amor incondicional pelos gordinhos e não recebeu os mesmos ataques. Percebi que muita gente se revolta em ver que uma gorda com um magro, como se gordas fossem indignas de namorar alguém diferente delas. Recebi ofensas que poderiam ser muito cruéis e devastadoras se eu não tivesse autoestima“, afirma a blogueira.

Renata, então, se uniu a Adriana Libini, famosa fotógrafa do mercado plus size brasileiro e fez um ensaio pra lá de sensual mostrando que o problema não está no seu corpo, mas na cabeça das pessoas. “Eu não precisava responder a nenhuma ofensa, mas decidi que iria fazer isso, até mesmo para servir de inspiração para outras mulheres. Não respondi com palavras, mas com um lindo ensaio sensual. Mostro nessas fotos que tenho orgulho do meu corpo, das minhas curvas e que não devo satisfação da minha sexualidade e dos meus sentimentos para ninguém“, afirma Renata.

Adriana L+¡bini Fotografia Night Fever (9)

Adriana L+¡bini Fotografia Night Fever (7)

Adriana L+¡bini Fotografia Night Fever (8)

Adriana L+¡bini Fotografia Night Fever (6)

Adriana L+¡bini Fotografia Night Fever (12)

 

Publicação1

Publicação2

 

Adriana L+¡bini Fotografia Night Fever (14)

 

Publicação3

SERVIÇO – Ensaio fotogrático 

Créditos:
Fotografia – Adriana Líbini
Estilo – Carol Santos
Make & Hair – Tati Souza
Retouch – Vânia Castro e Adriana Líbini
Modelo – Renata Poskus

Agradecimento especial: Korukru | Vislumbre Moda Íntima | Diplomata by André Queiroz | Passarela Calçados

Esta matéria foi publicada em minha coluna no Tempo de Mulher / MSN

Uma Perfeita Eva Gorda

Na minha concepção Eva deveria ser uma perfeição de mulher, ou seja: Saudável, natural e Gorda. Ok, eu sei que há os defensores de uma vida saudável e eles me dirão que o excesso de peso pode ser prejudicial à saúde. Acontece que ser gorda não é ruim, quando todo o corpo funciona com perfeição. Pensei seriamente se usava a palavra gorda ou gordinha. Gorda não é ofensa.

O fato é que a modelo Plus Size Shirlei Mel fez um ensaio lindo onde ela meio que encarna uma Eva linda. Acompanhem a matéria de Naiara Andrade.

hirlei Mel posa como Eva: “Me acho bonita, atraente e inteligente” Foto: Leonardo Braga/ Divulgação/ Edição: Top da Mídia/ Locação: Caixa D’Aço/ Porto Belo (SC)

Shirlei Mel posa como Eva: “Me acho bonita, atraente e inteligente” Foto: Leonardo Braga/ Divulgação/ Edição: Top da Mídia/ Locação: Caixa D’Aço/ Porto Belo (SC)

Miss Plus Size encarna Eva e posa como veio ao mundo: ‘Não é pecado’

– por Naiara Andrade

Há algum pecado em mulheres acima do peso posarem nuas (ou quase)? Miss Plus Size Santa Catarina 2012, Shirlei Mel, de 35 anos, não vê problema nisso. Tanto que encarou, com o maior orgulho, um ensaio fotográfico como Eva, a personagem bíblica, coberta apenas por uma folha de mamona, em companhia de uma maçã.

— A temática resultou de várias questões. A primeira é que sempre associam a imagem de Eva a uma mulher magra. Por que não subverter isso? Depois, eu tinha vontade de fazer uma menção ao clima tropical brasileiro. Mas o principal motivo está enraizado na palavra “pecado”, no sentido do que é proibido. Neste meio da moda, sabemos que muita gente ainda vê este tipo de trabalho mais expositivo como não sendo possível para mulheres mais cheinhas, com estrias e celulites. O resultado está aí! — enfatiza Shirlei.

"Faz muito tempo que tenho essa vontade de posar nua, porque amo cada partezinha de mim", conta Shirlei

“Faz muito tempo que tenho essa vontade de posar nua, porque amo cada partezinha de mim”, conta Shirlei

Com 1,80m e 105kg, ela conta que, inicialmente, ficou tímida, e atenta à barriguinha. Mas, depois de alguns cliques, conseguiu se soltar:

— Faz muito tempo que tenho essa vontade de posar nua, porque amo cada partezinha de mim e assumo esse amor através dos meus trabalhos. Me acho bonita, atraente e inteligente. E minha autoestima vem da minha vontade de mostrar ao mundo que as mulheres gordinhas podem, sim, ser sensuais e se acharem lindas sem depender dos outros pra isso.

Solteira e mãe de uma menina de 12 anos, a também professora diz encarar bem qualquer tipo de crítica:

— Sempre vai ter quem te elogie e quem te critique. Como sou uma pessoa de bem com a vida, procuro só dar valor aos comentários positivos e construtivos. Os outros, deixo pra lá.

Shirlei dá de ombros às críticas: "Como sou uma pessoa de bem com a vida, procuro só dar valor aos comentários positivos e construtivos"

Shirlei dá de ombros às críticas: “Como sou uma pessoa de bem com a vida, procuro só dar valor aos comentários positivos e construtivos”

Via Extra.globo.com

Coisa Bonita – canção de Roberto Carlos

Demorei pra postar por aqui essa canção do Roberto Carlos. Talvez porque agora no final de ano ele faça as tais aprensentações tradicionais na TV, eu tenha lembrado. Segue então um hino de louvor às mulheres cheinhas.

Coisa Bonita

Roberto Carlos

Amo você assim e não sei porque tanto sacrifício
Ginástica dieta não sei pra que tanto exercício
Olha eu não me incomodo um quilinho a mais não é antiestético
Pode até me beijar pode me lamber que eu sou dietético
Não acho que é preciso comer de tudo que tem na mesa
Mas passar fome não contribui em nada para a beleza
Já no passado os mestres da arte diante da formosura
Não dispensava o charme de uma gordinha em sua pintura
Gosto de me enconstar nesse seu decote quando te abraço
De ter onde pegar nessa maciez enquanto te amasso
Eu não sou massagista e não entendo nada de estética
Mas a nossa ginástica é mais gostosa e menos atlética
Coisa bonita, coisa gostosa, quem foi que disse que tem
Que ser magra pra ser formosa? coisa bonita, coisa gostosa
Você é linda é do jeito que eu gosto é maravilhosa

Mayara Russi – Modelo Plus Size, Batalhadora & Vencedora

Mayara Russi - EuGordinha

“Uma pessoa batalhadora que corre atrás dos seus sonhos independente da opinião de qualquer pessoa.”

Domingo, 31 de julho de 2011. Estava eu com minhas palavrinhas num texto, e de vez em quando dando uma olhada no twitter. Quando começaram a surgir pessoas comentando a entrevista de Mayara na Gabi. Uhhh, legal. Mas a princípio não liguei a TV pra assistir, sabendo que depois poderia fazê-lo nessa ferramenta boa que é a Internet. No diz seguinte eu comecei a me surpreender com um pouco do que a menina expôs de sua vida. O que posso dizer dela pelo que vi até agora? Que ela é mulher, mãe, modelo plus size, batalhadora, vencedora (inclusive, venceu um câncer,

Algumas lições que aprendi:

  • Fama não é sucesso. Sucesso é conseqüência de esforço e trabalho bem feito.
  • Amar a si mesmo traz um bem estar que contagia os outros ao seu alcance.
  • O preconceito é uma praga, doença infeliz que ataca invisivelmente.

Seguem abaixo, os vídeos com a entrevista dela no programa da Gabi.

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4(final)